Colégio Sesi Internacional - display portal

Foi divulgado no final da manhã desta sexta-feira (26), pelo Governo do Estado do Paraná, o novo decreto com medidas restritivas para conter o avanço da Covid-19 no estado, que atualmente se encontra com taxas elevadas de casos e internações.

O decreto passará a valer a partir de sábado (27) e durará até o dia 08 de março.

Veja quais são as medidas restritivas impostas pelo governo do Paraná:

  • Suspensão do funcionamento dos serviços e atividades não essenciais;
  • Proibição de circulação em espaços e vias públicas, das 20h às 05h;
  • Proibição de comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público ou coletivo no período das 20h às 05;
  • Suspensão das aulas presenciais em escolas estaduais públicas e privadas, inclusive nas entidades conveniadas com o Estado do Paraná, cursos técnicos e em universidades públicas e privadas;
  • Adequação do expediente dos trabalhadores aos horários de proibição provisória de circulação definidos neste Decreto;
  • Atividades religiosas somente com atendimento individual ou culto on-line;
  • Regime de teletrabalho para Órgãos do Estado;
  • Permitidos: Delivery, Drive-thru e Take away;
  • Priorização da substituição do regime de trabalho presencial para o teletrabalho, quando possível;
  • Suspensão das cirurgias eletivas por 30 dias para unidades públicas e privadas. O objetivo é assegurar estoque de medicamento anestésico e reduzir demanda por leitos hospitalares;
  • Intensificação da fiscalização para cumprimento das medidas.

O prefeito de Foz, Chico Brasileiro, disse em entrevista ao Meio Dia Paraná que a cidade está apoiando as medidas restritivas do governo do estado com o objetivo de reduzir os internamentos e consequentemente um colapso no sistema de saúde do município.

Logo mais, a prefeitura irá publicar um decreto com as novas medidas restritivas válidas para Foz do Iguaçu.

Comentários

1 Comentário

Deixe a sua opinião