Em Foz do Iguaçu, o rosto simpático de Alexander Borges é bastante conhecido. Na cidade desde novembro de 2017, o mineiro de Belo Horizonte encontrou aqui uma terra rica em diversidade, algo que para ele é o que de mais especial Foz do Iguaçu tem.

Com a missão de desenvolver novos projetos e reafirmar o posicionamento do Wish Foz do Iguaçu e os pilares da marca Wish (design, bem-estar, gastronomia e entretenimento), elevando o padrão dos produtos e serviços, Alexander realizou um trabalho de gestão também voltado à equipe de colaboradores.

“O trabalho começou com a equipe interna de colaboradores. Eu entendi quais eram as necessidades da equipe e comecei a criar uma cultura onde essa necessidade de reposicionar o resort fosse de conhecimento tanto da equipe de base quanto de média e alta gestão do Wish. Fiz isso através da mudança de cultura de empoderamento. Com isso, as pessoas passaram a ter autonomia para resolver os desafios do cotidiano. Me coloquei aberto para ouvir os colaboradores muito mais como um suporte para a equipe do que uma pessoa que veio para mudar as coisas, e ajudei a equipe a criar diversos outros produtos e serviços que não tínhamos e que foram decisivos para o sucesso do resort nesse período”,

destaca o gerente-geral.

Projetos do Wish Foz do Iguaçu

Entre os trabalhos desenvolvidos na gestão de Alexander, com o apoio do corporativo da rede GJP Hotels & Resorts, estão:

Day Use – possibilitando às pessoas terem a oportunidade de passar um dia vivendo a experiência do resort. No serviço de day use, hóspedes podem aproveitar o variado café da manhã e utilizar todas as dependências de lazer do empreendimento.

Eventos

Sunset Wish – ficou muito conhecido na cidade, tanto que atraiu pessoas de várias partes do Brasil para participar de um fim de tarde marcado por música boa, bons drinques e um pôr do sol espetacular. Iniciado em abril de 2018, contou com quatro edições, não sendo possível sua realização em 2020 por conta da pandemia.

Malbec Day – evento pontual e específico para comemorar a uva Malbec. Um evento que acontece no mundo todo e foi realizado no hotel pela proximidade que a cidade tem com a Argentina e o acesso aos vinhos.

Menu de Experiência – para aproveitar toda a estrutura do hotel, foram realizados desde jantares românticos na varanda com a luz do luar até piqueniques em um dos jardins do hotel, e ainda um almoço especial no jardim secreto, onde o chefe prepara o almoço junto ao cliente.

Dog friendly o hotel também abriu as portas aos cãozinhos de estimação, assim as pessoas que desejem podem levar seu cão de pequeno porte para curtir o resort.  

“Esse trabalho gerou um círculo virtuoso, onde as pessoas vinham passar um day use e depois voltavam para se hospedar, ou vinham se hospedar e depois voltavam participar dos eventos. Então uma coisa retroalimentou a outra. Isso permitiu uma notoriedade maior, atraindo públicos de diversas regiões”, ressalta o gerente.

Desafios e conquistas

Alexander afirma que esse trabalho de unir a equipe e dar voz a ela muda o ambiente do hotel e possibilita grandes conquistas. “À medida que você dá oportunidade pras pessoas, que você ouve as pessoas, você as faz se sentirem mais capazes, elas percebem que o trabalho delas é importante. A gente percebeu uma evolução da gentileza no trato das pessoas. Percebemos mais sorrisos tanto entre os colaboradores quanto deles para os clientes. Então esse trabalho passa tanto pelo empoderamento quanto pelo respeito em ouvir as pessoas. E tudo isso reflete no atendimento final ao cliente.”

Foto: Assessoria Wish
Foto: Assessoria Wish

E esse atendimento foi primordial para a retomada do hotel após o período em que ficou fechado devido à pandemia. “Reabrimos em 3 de setembro e percebemos que o trabalho que fizemos lá atrás, de abrir o resort e reconhecer o valor do cliente da cidade e da região, foi fundamental, porque nessa retomada mais de 80% do público é regional.”

wish-resort
Foto: Assessoria Wish

Prestes a deixar a cidade rumo a um novo desafio, Alexander avalia sua gestão de forma bastante positiva, pois no período em que esteve à frente do Wish em Foz o hotel recebeu vários prêmios importantes:

  • melhor resort para a família na América do Sul – 2018 e 2020;
  • melhor hotel de golfe do Brasil – 2019;
  • melhor hotel de golfe da América Latina – 2019;
  • segundo melhor resort do Brasil – 2019;
  • uma das melhores empresas para se trabalhar no Paraná – 2020.
wish
Foto: Assessoria Wish

“Fazendo um balanço, sinto que a missão está cumprida. Fico bastante tranquilo e feliz e acredito ter cumprido uma missão, de ter colaborado com o reposicionamento do resort, de aproximá-lo ainda mais da cidade, de ajudar a equipe a elevar padrões de produtos e serviços, e comemorar esse grande time, uma equipe feliz, unida e com muito potencial. Acredito que meu trabalho foi importante nesse quesito também. E esse prêmio de ser uma das melhores empresas para se trabalhar coroa isso, porque o trabalho começou com a equipe. Então fecho meu trabalho com chave de ouro.”

Rumo ao Wish Gramado

Na metade de janeiro, Alexander embarca para uma nova missão. Dessa vez em Gramado (RS), para comandar dois hotéis da rede GJP e levar sua experiência à equipe.

“Irei para uma cidade turística também para comandar o Wish Serrano e o Prodigy Gramado. Em Foz, assume o amigo Kenji Takao, que deixa a gerência-geral do Prodigy Santos Dumont (hotel da rede conectado ao aeroporto SDU, no Rio de Janeiro) e assume a gerência-geral do Wish Foz do Iguaçu. Aqui em Foz, Kenji já atuou no Mabu e agora retorna à cidade para comandar o Wish, e tenho a certeza de que o resort estará em ótimas mãos. De Foz, eu levo muito aprendizado, sou apaixonado por essa cidade e por tudo o que ela oferece”, finaliza.

Patrícia Buche

Formada em Jornalismo na UDC e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas na Unila, atualmente é jornalista da 100fronteiras.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião