Os diversos atrativos turísticos de Foz do Iguaçu foram alguns dos motivos que trouxeram o Rally dos Sertões para a cidade. Quem percebeu rapidamente essa relação foi Laura Campos, 10 anos, que a ilustrou em um dos desenhos vencedores do concurso cultural promovido pela organização do evento em parceria com a Secretaria Municipal da Educação.

A atividade, chamada de Rally Internacional da Educação, premiou nesta quarta-feira (24) os cinco alunos das escolas municipais que desenvolveram trabalhos com a temática do rally. Ao todo, foram mais de 100 crianças participantes com novos conhecimentos adquiridos.

“Desenhar é o que mais amo fazer em toda a minha vida e gostei muito de vencer um prêmio por isso. Eu sabia algumas coisas do rally, mas com a atividade consegui aprender melhor sobre a prova”, disse Laura, aluna da Escola Municipal Olavo Bilac.

Fotos: Welyton Manoel/PMFI

Quem acompanhou toda a premiação foi a avó da pequena, a dona Lúcia de Souza, que fez questão de mostrar todo o orgulho quem tem da neta. “Ela é o tesouro da minha vida. Acompanho e incentivo tudo o que ela faz. Vó é sempre vó”, contou.

Impacto na cidade

Assim como os vencedores da competição oficial, os campeões do concurso de desenho também receberam troféus e medalhas. Leonora Guedes, diretora de operação do Rally dos Sertões, explica que a missão é engajar a cidade que recebe a prova.

O concurso começou a ser desenvolvido em julho, com as turmas do 1º ao 5º ano das escolas Acácio Pedroso, Adele Zanotto, Belvedere, Cora Coralina, Monteiro Lobato, Olavo Bilac, Ponte da Amizade, Pres. Getúlio Vargas, Profª Suzana Moraes Balen e Santa Rita.

“Nossa organização começa muito antes de estarmos na cidade, por isso a cerimônia é tão marcante para nós, pois simboliza o fechamento de uma importante etapa. A energia dessas crianças prova que cumprimos a missão, que é incentivar a criatividade e participação de todos eles”, pontuou.

Para a secretária da Educação, Maria Justina, o evento será memorável para todos os alunos que participaram. “Os professores trabalharam com muita dedicação e contribuíram para que belos desenhos fossem criados. Eles estão em uma idade de construir memórias, então participarem de algo assim será marcante por muito tempo. Temos muito a agradecer por todo esse envolvimento”, ressaltou Justina.

Fotos: Welyton Manoel/PMFI

Comentários

Deixe a sua opinião