Até na hora de falar sério, a criançada fez isso de um jeito bem divertido. Com pazinhas, regadores, adubo e muito protetor solar eles fizeram o plantio de 22 mudas de árvores nativas.

Foram escolhidas o ipê roxo, pata de vaca, chorão e canela, por terem características parecidas no que diz respeito ao tamanho, variedade e sanidade.

“Respeitamos todas as técnicas de manejo, desde abertura das covas, espaçamentos, adubações, tamanhos e sanidade das plantas, entre outras precauções, justamente para que a planta cresça com saúde servindo como refúgio e atrativos para fauna e todo o ciclo de vida da natureza”, explicou Roberto Luis Brugnera, agrônomo responsável pelo plantio.

Durante a atividade os pequenos aprenderam um pouco sobre as características de cada planta, técnicas de plantio e importância dessa ação para o meio ambiente. Além disso, cada muda ganhou uma placa com o nome da criança.

A ação contou com a empresa Casa da Árvore, responsável por nosso paisagismo, que doou as mudas.

“A preservação, recuperação e manutenção ambiental, são nossas prioridades. Por isso fazemos todo o possível para ajudar a manter o bem-estar da fauna e flora. Isso sem falar que a área onde foi feito o plantio trata-se de uma área de proteção ambiental, caminho para animais e insetos benéficos à natureza. Acreditamos que cada criança que teve o nome registrado nessas mudas se tornará um guardião do que em breve será uma linda árvore”, resumiu Eveline Mezzomo, empresária.

“Dentro de poucos anos essas crianças que estão aqui hoje serão os responsáveis pela preservação do meio ambiente. Por isso é importante que desde cedo tenham acesso a esse tipo de ação. Assim podemos ter esperança de um futuro melhor. Parabéns a Rede Mabu que além de muita brincadeira, também fez a criançada tratar de coisa séria”, comemorou a professora Elizângela Treméa.

Propusemos esta ação com o intuito de estimular a consciência ambiental desde cedo e arborizar ainda mais o espaço.

“Queremos que além de poder acompanhar o crescimento da árvore, essas crianças se tornem propagadores da informação, levando aos pais, amigos e familiares a importância da preservação da natureza e das espécies nativas”, concluiu Malu Barreto, Gerente de Marketing da Rede Mabu.

Foto: Assessoria.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião