Na tarde desta quarta-feira (09), a equipe da 100fronteiras recebeu a visita do Gerente Executivo do Senac, Lúcio Marcelo.

A conversa, acompanhada de um café, foi muito produtiva. Lúcio falou sobre a perspectiva do Senac para 2022 e um pouco de sua trajetória dentro da Instituição.

Neste ano, o Senac lançou o ensino médio integrado com o ensino técnico em informática, parceria com o Sesc/Senac. As aulas, que vão acontecer na sede do Sesc, serão de 30 alunos e a turma já está lotada.

O diferencial deste ensino é que o aluno, além de estar fazendo o ensino médio, sai com o diploma técnico. Então, se no decorrer do ensino médio o aluno escolher uma carreira, ele já vai se formar com o básico de toda profissão que é o técnico. Ele saíra um passo à frente.

Além dos tradicionais cursos, Lúcio comenta que cursos na área da saúde estão com muita demanda nos últimos anos.

Outra novidade é o técnico em Massoterapia, que é o profissional que irá dominar as técnicas de massagem. Com essa formação, o habilitado pode montar sua própria clínica e se especializar na saúde do bem-estar.

O Senac também está com um projeto em parceria com a Paraná Turismo, com 1.130 vagas em cursos voltados para o setor, importantes para a retomada do turismo de toda região.

Apesar de ser uma instituição que já tem mais de 70 anos, o Senac está ouvindo a demanda da comunidade e está se reinventando a cada dia.

A trajetória de Lúcio Marcelo, gerente executivo do Senac

Lúcio Marcelo tem história no Senac, já são 20 anos dentro da Instituição. Natural de Curitiba, Lúcio é formado em turismo na Universidade Federal. Na época ele se interessou na área gastronômica e decidiu se especializar no Senac.

Logo após a graduação, ele participou de um processo seletivo para instrutor no Senac e, depois dessa conquista inicial, sua carreira dentro da Instituição decolou.

Após muito trabalho como instrutor, Lúcio passou a ser supervisor do Restaurante Hotel; Assistente de Gerente e, mais recentemente, participou de um processo para líderes, com isso, passou a ser gerente substituto em algumas unidades do Senac.

Enquanto trabalhava como Gerente Substituto, Lúcio viu a oportunidade de cobrir as férias do gerente de Foz do Iguaçu e nem imaginava vir morar para cá.

Depois da experiência em Foz, voltou para sua cidade natal e fez outro treinamento do Senac, uma capacitação de Chef de cozinha internacional e também comandou uma equipe de vários instrutores do Brasil na região de Bolonha, na Itália – lugar que é conhecido por ser base da gastronomia.

No mesmo ano em que foi para a Itália, Lúcio foi convidado para substituir o gerente do Senac de Foz do Iguaçu. Não pensou duas vezes antes de aceitar e veio morar em Foz. Desde então, começou a ver os desafios e as possibilidades da nova cidade e juntar com a formação de turismo que tem.

Ele conta que se surpreendeu com o potencial do Senac de Foz do Iguaçu.

“Percebi que é uma unidade que está sempre se reinventando. São vários desafios no prédio histórico, pois o DNA da unidade está a hospitalidade, passaram por ali varias personalidades. Todo aluno que passa pelo Senac acaba tendo uma vivência do espaço.”

Os espaços do Senac juntam gastronomia, turismo, preservação e capacitação, e é nesse universo que eu estou impregnado.

Lúcio está em Foz há 5 anos e conta que já se sente em casa, que o clima é muito bom. Destaca a singularidade do pôr do sol de Foz do Iguaçu.

“Eu acredito que é um dos mais bonitos que eu conheço, ele se destaca, sempre tem um vermelho, sempre busco ir atrás do pôr do sol. Temos esse cenário, a junção de energia das águas, do Rio Paraná e Rio Iguaçu, a Itaipu, Cataratas, é uma energia muito forte.”

Finaliza Lúcio.

Comentários

Deixe a sua opinião