A 17ª edição da Feira Internacional do Livro, organizada pela Fundação Cultural de Foz do Iguaçu, começou. A partir das 14h da quinta-feira (17), os portões do Clube Gresfi foram abertos para uma semana de programações repletas de conteúdos literários, cultura, diversidade e debates.

Ontem, os visitantes foram recepcionados por uma trupe de circo, dando as boas-vindas aos expositores e participantes das oficinas, apresentações e contação de histórias. A cerimônia de abertura começou às 19h, com a apresentação do Coral de Itaipu.

A grande atração da estreia foi Sérgio Rodrigues, com o bate-papo: “Pelé e Machado – todo gênio brasileiro tem que saber driblar”. A conversa com o autor começou às 20h, na Arena Literária.

Sérgio Rodrigues é escritor, jornalista e roteirista de TV, autor dos livros “A vida futura”, que retrata a vinda do fantasma de Machado de Assis ao Brasil atual, e “O drible”. Rodrigues possui livros lançados na Espanha, Estados Unidos, França, México e Portugal, além de ser colunista da Folha de São Paulo.

Homenagem a Lima Barreto

O grande homenageado desta edição será o autor Lima Barreto. Ícone da literatura brasileira, as obras e a vida de Barreto são marcadas pela luta antirracista e denúncias de desigualdades sociais.

Nesta sexta-feira (18), acontece a conferência principal com abordagens sobre as obras do autor: Heranças de Lima Barreto 100 anos depois de sua morte. A escolha da temática também integra as ações para o Mês da Consciência Negra.

Ainda no segundo dia, a Feira do Livro de Foz do Iguaçu abriu às 8h e terá outras diversas atrações, entre elas, as autoras Cassiana Pizaia e Rima Awada lançam o livro “Malaika – força do Congo”, às 18h.

O evento segue até o dia 24 de novembro, com show de encerramento feito pela A Banda Mais Bonita da Cidade.

Estandes e livreiros

A Feira do Livro terá também um estande dedicado aos autores iguaçuenses e também da região. Foram 44 artistas locais inscritos, que terão um espaço livro para expor obras, lançar livros e receber a população para conhecer o trabalho literário da região.

Livrarias, sebos e outras empresas da cidade também estarão com estandes para vendas de produtos.

Programação completa da feira

Sexta-feira (18)

18h – Lançamento do livro “Malaika – força do Congo”
Cassiana Pizaia e Rima Awada – Estande da Fundação

19h – Conferência principal
“Heranças de Lima Barreto 100 anos depois de sua morte”
Beatriz Vieira Resende – Arena Literária

Sábado (19)

  • 10h – Mesa de debate
    “Ficção e Poesia”
    Luci Collin e Mariana Ianelli. Mediação: Daniela Valiente – Arena Literária
  • 11h – Lançamento do livro “A Menina e as Estrelas”
    Mariana Ianelli – Estande da Fundação Cultural
  • 16h às 18h – Curso
    “Escrita criativa: Letra e música”
    Henrique Rodrigues – Sala Oficinas (20 participantes)
  • 20h – Mesa de debate
    “Edição, literatura e outros suportes”
    Micheliny Verunsck. Mediação: Tatjane Garcia – Arena Literária

Segunda-feira (21)

  • 9h – Oficina leitura
    “O Menino Machado”
    Henrique Rodrigues
  • 13h30 – Oficina leitura
    “O Menino Machado”
    Henrique Rodrigues
  • 14h às 17h – Oficina contação de história
    Maia Piva – Sala de Oficinas
  • 15h – Palestra e lançamento de livro
    “Mulheres Extraordinárias”
    Eliana Massola – Arena Literária
  • 19h30 – Mesa de debate
    “Heroínas Negras na Literatura Brasileira”
    Jarid Arraes – Arena Literária
  • 20h30 – Apresentação Rap na Medida
    Renan Inquérito – Arena Literária

Terça-feira (22)

  • 13h30 – Mesa de debate
    “Leitura literária e a formação do leitor”
    Cléo Busatto. Mediação: Tatjane Garcia – Arena Literária
  • 16h – Lançamento de livro
    “Um lago, o menino e Lua”
    Cléo Busatto – Estande da Fundação

Quarta-feira (23)

  • 9h – Bate-papo
    “Literatura indígena na escola: Histórias para embalar a vida”
    Cristino Wapichana
  • 14h30 – Mesa de debate
    “Origem e Identidade: de onde vêm as histórias”
    Cristino Wapichana – Arena Literária
  • 19h30 – Mesa de debate
    “Sarau poesia que nos sustenta”
    Rodrigo Garcia Lopes e Calí Boreaz – Arena Literária

Quinta-feira (24)

  • 9h às 12h – Oficina “Criação Poética: experiências extraordinárias”
    Rodrigo Garcia Lopes – Sala Oficina (20 participantes)
  • 12h – Lançamento de livro
    “Poemas Coligidos”
    Rodrigo Garcia Lopes – Estande da Fundação Cultural
  • 14h30 – Mesa de debate
    “Senta que lá vem história”
    Flavio de Souza – Arena Literária
  • 16h – Sessão de autógrafos
    Flavio de Souza – Estande da Fundação
  • 19h – Leitura poética “Calí Boreaz”
  • 21 – Show de encerramento com a Banda Mais Bonita da Cidade

Comentários

Deixe a sua opinião