São vários rostos e histórias que se entrelaçam. Profissionais do setor turístico, que antes podiam ajudar, hoje estão precisando de um empurrãozinho para conseguir sobreviver ao impacto econômico e social das medidas de combate e controle da covid-19. Esses homens e mulheres, cerca de 600 pessoas, entre guias de turismo, taxistas, motoristas e camareiras, de Foz do Iguaçu, foram beneficiadas pela live solidária na usina de Itaipu, transmitida pela internet no dia 10 de junho, e agradecem a “ajuda bem-vinda na hora certa”.

A live solidária com o cantor iguaçuense Gabriel Smaniotto arrecadou R$ 84 mil. Esse valor foi convertido em cartões-alimentação, cada um no valor de R$ 150. Eles foram distribuídos para pessoas que perderam renda durante a pandemia. Muitos estão totalmente parados, aguardando a retomada definitiva do turismo para voltar a trabalhar.

Os cartões, entregues entre quinta (2) e sexta-feira (3), podem ser usados em mais de 150 mercados espalhados em diversos bairros de Foz, um incentivo aos pequenos empresários, que também sofrem com o atual cenário econômico.

A iniciativa é do Programa Acelera Foz e contou com o apoio do Polo Iguassu, das administradoras de cartões Nutricard e Greencard, e da Liga Independente dos Guias de Turismo (Liguia). A ação teve a adesão de pessoas físicas e jurídicas. Muitas pessoas trabalharam de forma voluntária em toda a concepção do show, transmitido de forma online.

“Esse é o Brasil que, com certeza, todos queremos: uma sociedade unida. Um Brasil forte que mostra, em qualquer situação, especialmente nas mais difíceis, sua solidariedade e força para seguir em frente”.

Diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

Durante a entrega dos cartões, muitas pessoas fizeram questão de deixar gravados ou por escrito o agradecimento à iniciativa, que se soma à de muitas outras empresas, instituições e voluntários.

A usina de Itaipu, por exemplo, investiu diretamente mais de R$ 23 milhões no enfrentamento à pandemia na região Oeste. Dinheiro usado, entre outras iniciativas, na criação de uma ala exclusiva do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, preparada com 15 leitos. Desse total, 10 de UTI e outros 12 de semi-intensivo estão disponíveis, gratuitamente, para atendimento à população.

Na reestruturação do hospital foram R$ 15 milhões. Já do auxílio eventual, ação voltada para instituições beneficentes, sem fins lucrativos, a soma chega a R$ 5,5 milhões. A iniciativa está em consonância com as diretrizes do governo federal

“Meu marido acabou de voltar da sede da Acifi [Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu], onde os cartões foram entregues, e eu gostaria de agradecer a todos os envolvidos nesta ação. Vai nos ajudar muito. Obrigada”, disse Alessandra Conci, esposa de um guia de turismo. “Nunca nos imaginamos nessa situação. Sempre fomos nós a ajudar e hoje somos nós que estamos precisando. Deus abençoe a todos vocês”, disse outro beneficiado pela live.

Neide, guia de turismo, também registrou sua gratidão. “Queremos agradecer à Itaipu pela live solidária, com parceria do Polo Iguassu, pela ajuda que nos proporcionou nesse momento difícil que estamos vivendo, e também à Liguia. Muito obrigada.”

Outra profissional beneficiada foi na mesma linha: “Queremos agradecer por esse importante apoio justamente no momento que mais precisamos”. Para o guia Lourival Gomes Reis, o cartão chegou na hora certa. “Veio numa hora maravilhosa para mim. Acredito que, assim como para mim, para a maioria contemplada também. Obrigado do fundo do coração.”

Saturnino Dionísio, que perdeu 100% da renda, fala da importância dessa ajuda. “É muito importante para mim. Vai ajudar bastante. Meu forte abraço a todos os envolvidos.” Douglas Carvalho também agradeceu. “É providencial para esta época que estamos vivemos. Meu muito obrigado.”

O cantor iguaçuense Gabriel Smaniotto.

Prestação de contas

Dos R$ 84 mil, entre doações de pessoas físicas e jurídicas, Itaipu colaborou diretamente com R$ 50 mil para a iniciativa da retomada do turismo. Já por meio de Picpay e depósito em conta, as doações somaram R$ 34.050. O Polo Iguassu entregou, de forma escalonada, para profissionais do setor turístico, mais de 560 cartões alimentação e 40 cestas básicas arrecadados durante a live. Das 40 cestas básicas, 20 foram doadas pelo Hotel Tarobá, dez pela Comercial Della Preve e outras dez do Empório dos Bolos.

Em dinheiro, fizeram doação para a live as empresas Cataratas S. A., Idisa Veículos, Cooperativa Lar, Cooperativa Frimesa, Posto Azteca, Sicoob Três Fronteiras, Complexo Dreamland, Churrascaria Rafain Show, Cooperativa Sicredi e Rede Costa Oeste de Comunicação.

Nutricard e Greencard abriram mão da cobrança do serviço. O apresentador Airton José, que comandou a apresentação da live, juntamente com a jornalista Izabeli Ferrari, também abriu mão do cachê. Ele começou sua carreira como guia e hoje é um dos mais respeitados radialistas do Brasil.

O Programa Acelera Foz tem a coordenação estratégica do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Prefeitura de Foz, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento, Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

Conheça mais sobre o cantor gabriel smaniotto

Gabriel Smaniotto une talento e gratidão em um show que promete marcar a volta do turismo em Foz

Inscreva-se em nossa newsletter Inscreva-se Inscreva-se em nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo sobre Foz do Iguaçu. Ao clicar em enviar, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Sucesso! Você está na lista do 100fronteiras.com. Ops! Houve um erro e não foi possível processar sua assinatura. Recarregue a página e tente novamente. Processando… No […]

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião