Zeca Pagodinho fará o primeiro show na terra das Cataratas

225

Todo mundo já ouviu ou usou a frase “Deixa a vida me levar, vida leva eu” em algum momento da vida. Ela é um ícone que marcou gerações e marca a história da música no Brasil até hoje. O responsável pelo sucesso disso é Zeca Pagodinho, que desde os anos 1970 já cantava samba, dividindo a paixão pela música com o trabalho de feirante, camelô, office boy e anotador de jogo do bicho. Mas foi a partir dos anos 1980 que sua carreira alavancou, quando gravou a primeira música, intitulada Amargura. Em 1985 Zeca fez parte da coletânea da RGE chamada Raça Brasileira, chegando a cem mil cópias vendidas. No ano seguinte, lançou seu disco solo vendendo mais de um milhão de cópias. Já a famosa música Deixa a Vida me Levar foi lançada em 2002, estabelecendo o artista como um dos grandes nomes da música brasileira.

O início do samba no Brasil foi há centenas de anos, sendo difundido entre os escravos. No Rio de Janeiro, terra de Zeca Pagodinho, o berço do samba carioca é a Pedra do Sal, tradicional ponto de encontro de sambistas e admiradores desse estilo musical. Esse mesmo local antigamente era um mercado de escravos e na mesma pedra localizada ali eles descarregavam o sal que chegava do porto. Foi lá que se difundiu o samba, onde artistas da comunidade chamada de Pequena África se reuniam. No entanto, eles eram proibidos pela polícia de mostrar sua música em público, então ficavam nas casas das baianas e, após as celebrações rituais do candomblé, tocavam escondidos o samba carioca. A segunda fase do samba carioca deu-se no final dos anos 1920, no bairro Estácio, próximo da Pedra do Sal. E a primeira escola de samba foi criada em 1928, por Ismael Silva, intitulada Deixa Falar.

Natural de Irajá (RJ), nasceu em 1959, mas foi criado em Del Castilho (RJ). Ainda jovem começou o sucesso na carreira de música, tornando-se amigo de nomes conhecidos como Arlindo Cruz e Beth Carvalho, que se tornou sua madrinha ao gravar seu primeiro grande sucesso: Camarão que Dorme a Onda Leva.

Em 2019, aos 60 anos de idade, Zeca Pagodinho lança seu mais novo álbum, o 24º da carreira, chamado Mais Feliz. Entre as músicas que fazem parte desse trabalho, que tem 14 faixas, está a composição Enquanto Deus me Proteja, uma parceria inédita com Moacyr Luz, e O Sol Nascerá, de Cartola e Elton Medeiros, com composições de Monarco, Nelson Rufino, entre outras, e que fez sucesso na abertura da novela global Bom Sucesso.

E para lançar o novo álbum, no dia 18 de abril ele estará pela primeira vez em Foz do Iguaçu cantando os principais sucessos da carreira, em um show que promete marcar a história do samba na cidade. “Será a minha primeira vez cantando em Foz. Há alguns anos cantei em Puerto Iguazú, na Argentina, e pude sentir a energia boa da Tríplice Fronteira. Foi muito bacana”, destaca o músico.

Mais Feliz irá trazer um repertório com samba pra todos os gostos, desde o romântico, samba exaltação, samba com humor e outros, misturando músicas novas com antigos sucessos. Marcelo Sardeto Alves, diretor da MS Eventos, responsável pelo show em Foz, destaca que se sente “honrado como produtor de eventos em trazer esse renomado artista, que após tantos anos de carreira faz sua estreia na Terra das Cataratas. É um presente aos fãs e aos que apreciam a boa música brasileira. Além do mais é uma satisfação imensa, pois sou fã do Zeca não só como artista, mas também como ser humano. Suas canções e suas atitudes de caridade com o próximo são inspiradoras. Tenho certeza que será uma noite incrível, repleta de diversão e alegria. Foz fica mais feliz com Zeca Pagodinho”.

E como o nome já diz, o intuito da apresentação é deixar os fãs e amantes de um bom samba ainda mais felizes, assim como Zeca. “Eu encontro a felicidade em estar com os amigos, com a família, tomando uma cerveja gelada na companhia de um bom papo e, claro, cantando muito samba.”

Então, “bora” ser feliz?

Para saber mais sobre Zeca Pagodinho, acesse: http://zecapagodinho.com.br/site/biografia/.

Informações sobre o show em Foz do Iguaçu:

Dia: 18 de abril de 2020

Local: Rafain Palace Hotel

Horário: a partir das 22h, com abertura dos portões às 20h

Whats: +55 45 9800-7527

Promoção: MS Eventos

Patrocínio: Super Fish

Mídia Partner: 100fronteiras

Facebook.com/mseventosfoz e insta @mseventosfozoficial



Formada em Jornalismo (UDC) e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas (Unila), atualmente é jornalista e editora na Revista 100fronteiras.


Deixe um comentário