Search

Vivendo em Foz do Iguaçu

Uma cidade turística e cosmopolita, assim Foz do Iguaçu é definida por muitas pessoas. Porém, por traz dessas palavras existe uma comunidade que trabalha em prol do desenvolvimento da cidade. Para se ter uma ideia, o município do oeste do Paraná  passou por diferentes ciclos em sua formação:

1° Ciclo – Extração da madeira e cultivo da erva-mate(1870 a 1970);
2° Ciclo – Construção da Hidrelétrica de Itaipu (1970 a 1980);
3° Ciclo – Exportação e turismo de compras (1980 a 1995);
4° Ciclo – Abertura de mercados – globalização (1995 a 2001).

Atualmente, vive o desenvolvimento sustentável do turismo, comércio e eventos. A cidade é movimentada o ano inteiro e, traz, como uma de suas principais características, as fronteiras que divide com o Paraguai, através da Ponte Internacional da Amizade e, a Argentina, por meio da Ponte Tancredo Neves.

Vantagens 

São as peculiaridades que embasam a rotina do iguaçuense.  Mas afinal de contas, com tantas oportunidades que se dividem entre os três países e, também, vários pontos turísticos, como é viver em Foz do Iguaçu? Para muitos que vêm de fora, é o paraíso, principalmente, das compras, pela facilidade do acesso, para outros, o município é visto como violento, apenas, tendo como base informações noticiadas por alguns veículos de comunicação. Porém, para quem vive na cidade, é um local tranquilo, com facilidade de acesso e diversidades, que nenhum outro município é capaz de oferecer. Para os que estão “de olho no bolso”, Foz oferece um custo de vida acessível e está entre as melhores cidades para se viver, quando o assunto é o investimento no dia a dia. Em 2011, foi criado o site “Custo de vida”, com o objetivo de apresentar aos internautas a diferença do custo de vida entre as cidades. A página funciona de maneira colaborativa, ou seja, cada usuário pode inserir as informações de seu município. Como forma de alimentar os dados, 17.277 pessoas de 2.185 cidades já colaboram com o site. No ranking nacional,que apresenta uma lista, das cidades mais caras às mais baratas de se viver, Foz do Iguaçu destaca-se por estar entre as últimas, sendo assim, contando de baixo para cima, é a 14ª cidade com o melhor custo de vida no Brasil. Em relação ao Paraná, ela é considerada a 2° melhor cidade, na comparação de preços.

Economista

Como forma de demonstrarmos as vantagens de se viver em Foz do Iguaçu, convidamos o analista econômico, Marcelo Silva, para fazer comparações e apresentar os indicativos do custo de vida na cidade iguaçuense. Porém,  antes, ele ressalta, “para pensarmos em custo de vida, precisamos entender que ele reflete o valor que se gasta em consumo de bens e serviços, que se compararem os diferentes preços praticados, de acordo com a região entre períodos históricos, chegamos a um índice de custo de vida (ICV)” e acrescenta, “pode-se dizer que, de maneira simplificada, o custo de vida envolve, pelo menos, a análise de itens relativos a: bar e restaurante, supermercado, transporte, educação, esporte, lazer e cultura, utilidades, moradia, hotelaria, entre outros”. O analista econômico apresenta a comparação de valores, como forma de “exercício simplificado do custo de vida da capital do Paraná, Curitiba, frente a Cascavel e Foz do Iguaçu”.  As informações foram colhidas e comparadas por Silva, através do site “Custo de vida”.

De acordo com a análise, “Curitiba apresenta um valor mais elevado, quando observados os itens acima, frente a Cascavel e Foz do Iguaçu. Já, quando analisamos Foz do Iguaçu, que é cidade turística e faz parte de uma tríplice fronteira, é possível observar que o custo de vida em relação à Cascavel, é um pouco mais elevado”. Porém, essa “elevação” não pode ser encarada como um ponto negativo, afinal, conforme afirma o analista, “isso reflete o crescimento de Foz do Iguaçu, que cada vez se fortalece enquanto polo turístico, universitário e comercial. Haja vista os dois novos shoppings que se instalarão na cidade e o crescimento de novos hotéis”. Em uma análise geral, ele destaca, “o item que mais variou entre Foz e Cascavel foi o do ramo hoteleiro, no qual, Foz fica 159,99% acima da cidade vizinha. Já, entre Cascavel e Curitiba, o item que mais sofreu variação foi supermercado”.

Comparação

O salário mínimo do Paraná ganhará novos valores, o reajuste passará a ter quatro faixas, que irão variar de R$ 948,20 até R$ 1.095,60, o que representa um aumento de 7,34%, em relação ao salário mínimo pago anteriormente. Para se ter uma ideia, no Brasil, o salário mínimo, desde janeiro de 2014, é de R$ 724. De acordo com o governo, o anteprojeto sobre o aumento será encaminhado à Assembleia Legislativa, caso seja aprovado, passará a valer a partir de maio.
Pensando na atualização do salário mínimo e, aproveitando os dados apresentados pelo analista, faremos uma breve comparação do custo de vida entre as cidades. Para isso, pensamos em um casal, onde ambos recebem um salário mínimo, atualizado, ou seja, cada um recebe R$ 948,20, somados, R$ 1.896,40. Eles:

– Andam de ônibus – utilizam, cada um, 40 passes por mês;
– Vão ao supermercado e adquirem produtos(que aparecem na tabela) para o mês inteiro:5 litros de leite, 5 quilos de arroz, 5 quilos de açúcar, 1 quilo de feijão e um pacote de café;
– Frequentam o cinema duas vezes por mês, somando  a utilização de quatro ingressos;
– Moram em um apartamento com dois quartos em uma região “barata”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Somando os valores que as tabelas apresentam, conheça a média do custo de vida nas três cidades, tendo como base, somente, os itens descritos acima.

Renda do casal: R$ 1896,40

Gastos ao longo do mês

Curitiba R$ 1353,17
Cascavel R$ 825,55
Foz do Iguaçu R$ 862,64

Fronteira

Como bem mencionou, anteriormente, o analista econômico, Foz do Iguaçu é uma cidade de tríplice fronteira, por isso, sofre algumas variações, diferentes dos outros municípios do Paraná. Por esse mesmo motivo, os moradores da cidade também possuem as suas vantagens, afinal de contas, não precisam viajar milhares de quilômetros para adquirir, por exemplo, os últimos lançamentos tecnológicos com preços acessíveis, basta enfrentar o (pequeno) caos da Ponte da Amizade e pronto, o iguaçuense está no paraíso das compras. Além disso, queijos, carnes e bebidas são adquiridos com preços mais acessíveis em Puerto Iguazú, na Argentina. Que tal uma rápida comparação?

                                    Brasil                                                                     Paraguai

Playstation 4 – 500 GB

Preço De: R$ 1.779,00 até: R$ 3.999,00 Preço De US$* 495,00 até US$** 703,49 – R$1.148,40 até R$1.632,09

Sony Bravia Plana – 32 Polegadas

Preço De: R$ 1.295,19 até: R$ 1.367,14 Preço US$* 264,00 até US$ 299,00 – R$612,48 até R$693,68

*Cotação do dólar R$ 2,32
** O valor passa da cota dos US$ 300, porém, mesmo pagando o imposto de 50% do excedente o produto comprado no Paraguai ainda fica mais acessível do que no Brasil. Pagando os impostos, o valor mínimo, em reais, do produto adquiro em Ciudad del Este, ficaria em
R$ 1.374,60 e o máximo R$ 2.100,12.

                                 Brasil                                                                           Argentina

Red Bull

Preço R$ 3,50 Preço R$ 7,80

Cerveja

Preço R$ 7,00 (cerveja “litrão”) Preço R$ 8,00(garrafa com 600ml)

Happy Hour para 4 pessoas(petiscos e bebidas)*

Preço R$ 120,00 Preço R$180,00

*Os valores apresentados correspondem, apenas, a uma média de gastos.

Com esses singelos valores, não é à toa que os turistas ficam “loucos” quando passam alguns dias na cidade. Mas, o mais importante, é o próprio morador reconhecer e aproveitar as oportunidades que possui. Além, dos produtos, também é preciso voltar os olhos aos pontos turísticos, morador de Foz do Iguaçu tem preço diferenciado para conhecer as belezas que atraem pessoas do mundo inteiro e, que estão, como dizem, em “nosso quintal”.  Sendo assim, vale a pena relembrar o valor cobrado para os moradores.

 

Local

Passeio

Valor

Cataratas do Iguaçu Visitação do parque R$ 9,25
Itaipu Panorâmica, Ecomuseu, Refúgio Biológico, Polo Astronômico e Iluminação Gratuito
Parque das aves Visitação do parque R$ 5,00

Esses dados geram uma reflexão, afinal de contas, para os que adoram reclamar, a cidade de Foz do Iguaçu oferece muitas vantagens, mas para que elas valham, é preciso que o próprio morador as reconheça e saiba aproveitá-las.

Texto: Mariana Kojunski.






Participe da comunidade 100fronteiras

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e seu país. Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da Tríplice Fronteira, apresentando novos lugares, com isso você receberá conteúdos exclusivos e brindes.

Entre em nosso grupo do Whatsapp. Apoie o jornalismo local!

Nos encontramos lá, até mais!

Parceiros Comerciais


Newsletter

Ama a tríplice fronteira tanto quanto nós? Assine a newsletter 100fronteiras e receba conteúdo exclusivo. Seu apoio aprimora nosso trabalho para que possamos ajudar a aprofundar sua conexão com Ciudad del Este, Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú enquanto investimos no futuro do jornalismo local.



Deixe um comentário e participe da Comunidade 100fronteiras