Um convite à felicidade – Juliana Pardini

1577

Se a primeira impressão é a que fica, conhecer Juliana Pardini nos faz querer ser amiga dela de imediato. Isso porque o sorriso contagiante que carrega no rosto é um convite de boas-vindas para se aproximar dela e querer saber o que a faz tão feliz. O segredo desse sorriso? Leia até o fim que eu lhe conto.

Ela chegou a Foz do Iguaçu em janeiro. Apesar da demora em se adaptar à nova cidade, a mineira de Barbacena não demorou a fazer amigos. “Me senti muito acolhida a partir do momento que fui convidada a integrar o grupo de mulheres da Amutur. Elas me receberam muito bem, e com as reuniões e eventos que promovem eu acabo conhecendo mais pessoas e fazendo amizades.”

No entanto essa facilidade em ter bons relacionamentos interpessoais é consequência das experiências que teve por conta dos diversos lugares nos quais já morou devido à profissão do esposo, que é militar e veio transferido de Brasília para Foz com a missão de assumir o comando da Aeronáutica (DTCEA-FI). Junto com o casal veio a pequena Ísis (2), que se adaptou rapidamente ao novo ambiente.

Juliana é professora da rede particular de ensino e leciona para o segundo ano do ensino fundamental. Apaixonada pela profissão, ela encontra em cada aluno a esperança para continuar com seu trabalho e dedicação ao ensino. “Não basta amar as crianças, é preciso que elas percebam que são amadas. Então ensinar com afeto e conseguir acolher o que é singular a cada um faz uma grande diferença na vida de uma criança, além de estimular a capacidade e criar possibilidades para que o conhecimento seja construído! Educação sendo um sinônimo de felicidade para mim só se conclui quando podemos espalhar a felicidade para as outras pessoas.” E alegria Juliana tem de sobra.

Sua rotina é corrida, como de toda mãe/professora. De manhã ela cuida da filha; à tarde, as duas vão para o colégio. A noite é o momento de relaxar, mas também de cuidar de si, por isso ela vai à academia. Sempre muito regrada, possui uma alimentação saudável e passa esse hábito ao esposo e à filha. “Aqui em casa nós três buscamos comer saudavelmente. Eu e meu esposo levamos exemplo a nossa filha, e não é à toa que ela chega nos restaurantes pedindo para comer brócolis [risos]. Eu sou louca de amores por ela.”

Nos fins de semana, o passeio em família é garantido, voltado para aproveitar as riquezas da região. E sobre a vida, bom, Juliana aprende a cada dia que ela se torna mais leve com um sorriso no rosto. “Hoje, olhando para trás, percebo que minha trajetória não foi fácil. Eu deixei a minha família quando era muito nova, porque encontrei o amor da minha vida! Tive que aprender a tomar decisões longe de todos. Mas vendo tudo isso percebo o quanto me tornei resiliente.”

 “Ninguém tem culpa do que estou passando, então eu sempre deixo os problemas em casa e vou para meu trabalho com alegria, porque minha felicidade é ver meus aluninhos com os olhos brilhando. Então eu procuro transmitir isso a eles.”

Texto: Patrícia Buche

Local: Viale Tower Hotel

Look: Bel Art Maison

Acessórios: Dani Marim Semijoias

Cabelo: Darcilda – Mulinari Cabelereiros

Make: Raphael Lovaski

 




Deixe um comentário