A partir de julho o Norte Argentino terá três voos semanais diretos para a cidade de São Paulo operados pela Aerolíneas Argentinas e o anúncio oficial foi um grande marco na Feira WTM 2022 Latin America, realizada na cidade de São Paulo.

Jujuy e Salta, províncias do Norte da Argentina, no marco da reativação do turismo internacional, voltaram a participar da Feira WTM Latin America, com o objetivo de continuar se posicionando como destinos bastante atrativos para turistas brasileiros.

A partir de julho, a Aerolíneas Argentinas terá uma rota direta de Salta para São Paulo, através de uma frequência de três voos semanais. 

Esta nova rota aérea é fundamental para promover o turismo e outras atividades comerciais entre a região norte da Argentina e o Brasil. Em julho estará funcionando também a rota aérea Salta-Bariloche, consolidando assim, um corredor internacional.

Conforme disse Mario Peña, ministro de Turismo e Esportes da provincia de Salta.

“Estamos muito contentes por regressar à feira, uma das mais importantes da América Latina, nossas atrações como a Ruta del Vino de altura, las increíbles paisajes de los Valles Calchaquíes, o Tren a las Nubes que chega a  4.200 metros acima do nível do mar e a Ciudad de Salta com sua beleza arquitetônica colonial, entre muitos outros. Salta conta com uma importante infraestrutura turística com hotéis de diversificadas categorías e uma ampla oferta gastronômica. Estamos muito empenhados na promoção do nosso destino do Norte Argentino e de estarmos trazendo a novidade do novo voo que conecta Salta a São Paulo, que nos permite trabalhar em parceria com Ministério do Turismo da Argentina, Aerolíneas Argentinas e Inprotur Argentina. E a decisão política de nosso governador de fazer crescer o nosso destino, tornando o Brasil um mercado estratégico para nós”.

“E no caso de Jujuy estamos apenas 100 km de distância do aeroporto de Salta, dessa forma nos beneficiando também do novo voo que liga Sao Paulo a Salta. Ademais, com a reativação do turismo internacional e reabertura da fronteira da Argentina, é necessário apenas um seguro viagem que inclua proteção contra COVID para ingresso ao país. Convidamos a todos os brasileiros para que conheçam nossa cultura, tradições, paisagens, já que temos lugares únicos, muito diferentes dos que existem no Brasil. Temos montanhas coloridas e peladas como Cerro Siete Colores em Purmamarca e o Serranía del Hornocal em Humahuaca e as Salinas Grandes que são um dos lugares mais bonitos que temos, onde há os novos Glampings de luxo que permitem passar a noite ali. A maioria de nossos hotéis são pequenos e com atenção individualizada ao turista. Estamos todos com os braços abertos para recebe-los.” concluiu Diego Valdecantos, secretario de turismo da província de Jujuy.

Foto: Diego Valdecantos, secretário de Turismo de Jujuy; Sebastián Giobellina presidente do Conselho Federal de Turismo da Argentina; Matías Lammens, ministro de Turismo e Esportes da Argentina e Mario Peña, ministro de Turismo e Esportes de Salta.

Paisagens únicas que exaltam os sentidos. Todas elas abarcadas por suas culturas ancestrais e pelas riquezas arqueológicas que os Andes forjaram desde tempos imemoriais. Assim, Salta e Jujuy abrem suas portas mais uma vez para que os turistas brasileiros se apaixonem pelo norte da Argentina.

Comentários

Deixe a sua opinião