Com um plano de ações criado com a participação de seus associados, o Visit Iguassu, projeta um 2022 de muito trabalho com foco na captação de eventos e promoção para o turismo. Isso sem perder a premissa da sustentabilidade da instituição e na busca de fazer mais com recursos ainda escassos.

O presidente Felipe Gonzalez, que está no seu segundo mandato consecutivo, aponta que os primeiros dois anos à frente da instituição foram focados na gestão de crise, e que o papel do Visit Iguassu para 22/23 é de efetivamente trazer o associado para perto e colocar novamente a cidade na pauta dos eventos e do turista de lazer.

“Assumimos a instituição em pleno início da pandemia, sem contar com fundo de reserva em caixa. O foco da diretoria eleita e a vontade dos empresários associados era de manter a instituição atuante, contando com as parcerias da Gestão Integrada do Turismo e dentro do que o mercado nos possibilitava. Agora, com um cenário mais positivo, poderemos mostrar o trabalho proposto de forma ainda mais consistente”.

felipe-gonzalez
Felipe González, presidente do Visit Iguassu.

O Visit Iguassu é uma instituição 100% privada e sofreu os reflexos da crise tal qual uma empresa privada, tendo que adotar políticas de subsídio no valor da arrecadação proveniente dos associados para que o trabalho continuasse.

No início ainda foi realizada uma redução drástica de equipe, contratação de uma assistência jurídica permanente e em contrapartida, foram realizados convênios com o Fundo Iguaçu para a manutenção de ações de promoção e com Itaipu Binacional até 2024, além da contratação de uma agência de Performance Digital.

Desta forma, os números ainda não podem ser comparados aos anos pré-pandemia, mas apresentam cenários positivos para a cidade. No Departamento de Eventos, por exemplo, com apoio dos associados, em 2021, foram atendidas 9 visitas de inspeção; realizadas 05 Visitas Técnicas, que se desdobraram em 18 rodadas de negócios com empresas de serviços de eventos associadas.

Além disso, foram realizadas 03 visitas aos mercados de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Trabalho todo que gerou 31 boletins de oportunidade aos associados e a manutenção de 37 eventos na cidade.

Para a área de lazer, o Departamento de Visitors, focou em capacitações e programas de incentivo de venda. Perto de 1000 agentes de viagens receberam treinamentos e certificações online. 

Houve também a participação em 06 feiras e eventos e uma aproximação estratégica com cias aéreas, com a empresa concessionária do Aeroporto de Foz do Iguaçu e até parceria entre destinos, como a ações envolvendo Foz do Iguaçu, Rio de Janeiro, Amazonas e Florianópolis. 

Já no campo das mídias sociais e comunicação geral, o Visit Iguassu colocou em prática a web série Iguassu Reality Trip, que alcançou mais de 700 mil contas e lançará os novos vídeos da Campanha Iguaçu Me Inspira, que será o mote para incentivar viagens no período de baixa temporada em 2022.

E se é para ganhar o coração do público geral, o projeto Influencer Experience, trouxe para o Destino, grandes influenciadores dos mais diversificados segmentos, totalizando 12 ações com 24 influenciadores.

Tudo para apresentar Foz do Iguaçu como um local de visitas para todos os públicos e idades. Destaque para a atriz Cláudia Raia, que ficou encantada com o que viu por aqui, com alcance de mais de 25 milhões de contas.

Na área de comunicação, envolvendo veículos e jornalistas, o Visit Iguassu apoiou a passagem do Programa 50 por 01, com Álvaro Garnero, da Rede Record e o programa Viaje Comigo, da TV Novo Tempo. 

Além de diversificar a linha de apoio e segmentos, a instituição recebeu a Revista da Abrasel, focada em gastronomia e foi parceira em um Workshop de Fotografia Noturna nas Cataratas ministrado por Valter Patrial, especialista na área.

Ainda mais visto

A atuação do Visit Iguassu é sempre voltada para levar o Destino como opção sempre lembrada para o turismo de lazer e de negócios. E para apresentar melhor essa área businness foi criada a News Turismo & Negócios.

Lançada em agosto como um projeto experimental, o modelo de informativo voltado para o mercado de eventos vem ganhando episódios quinzenais e conta um pouco da história dos equipamentos e infraestrutura de eventos da cidade, formatos, opções e modelos preparados para receber eventos nacionais e internacionais.

Um novo momento

Para o presidente, se a pandemia deixou algo de positivo, foi a visão dos empresários sobre os papéis das instituições, “é cada vez mais claro na visão do empresariado local sobre o fortalecer das instituições.

O papel do Visit Iguassu e seu trabalho na promoção da região trinacional, demonstra nossa força como um dos principais escritórios de marketing de destino do Brasil, o único com essa composição, agregando empresas associadas das cidades de Foz do Iguaçu (Brasil), Puerto Iguazú (Argentina) e Ciudad del Este (Paraguai), isso é mais que uma característica, é uma força para apresentar a região como lugar ideal para todos os tipos de eventos, negócios e lazer”.

“Para somar, estamos assistindo um movimento de investimentos em obras e infraestrutura que só foi vista quando da construção de Itaipu. Agora, a Binacional novamente assume um papel fundamental para o desenvolvimento da região e vem acompanhada de uma postura empresarial de igual porte”, avalia o presidente do Visit Iguassu.

Para Gonzalez, outro marco para Foz do Iguaçu, que dará um status de competitividade e certamente trará novos voos para o destino é atuação da nova concessionária.

“A concessionária já nos acenou como uma empresa que será parceira do nosso Destino. E é isso que precisamos. União para desenvolvermos a atração de mais voos, mais visitantes, mais eventos e mais investimentos na cidade”.  

Com equipe reestruturada, enxuta e bastante produtiva, liderada pela Diretora Executiva Elaine Tenerello, o plano de ações do Visit Iguassu para 2022 foi construído em conjunto com os associados e prevê maior foco em ações do segmento MICE/Eventos e nas áreas de Comunicação e Marketing.

A ideia é manter o Destino em evidência e reconstruir um calendário de eventos para a cidade para os próximos anos, uma vez que isso ficou bastante prejudicado com os efeitos causados pela pandemia.

“Para que o Destino possa ter sustentabilidade no período de baixa temporada do turismo de lazer é necessário recompor um calendário de eventos e para isso a equipe do Visit Iguassu está trabalhando com foco para entregar novamente um calendário de eventos para a cidade, que supra a cadeia produtiva do turismo no período de março a junho dos próximos anos”, finaliza Tenerello.

Elaine Terenelo, diretora executiva do Visit Iguassu
Elaine Terenelo, diretora executiva do Visit Iguassu. Foto: Rodrigo Mattjie

Comentários

Deixe a sua opinião