Search

Tríplice Fronteira em alerta ao Corona Vírus: motivo de euforia?

A Tríplice Fronteira não está fora da zona de risco de ser atingida pelo Corona vírus, por conta do grande fluxo de pessoas e por ser uma região turística. Autoridades do Brasil, Paraguai e Argentina estão alerta aos casos 

A vigilância é constante ao redor do mundo, afinal o vírus já levou a óbito cerca de cem pessoas na China e possui milhares de casos. No Brasil foi confirmada, na última terça-feira (28), uma suspeita em Minas Gerais. É uma mulher que visitou o país estrangeiro de origem da proliferação, mas também existem suspeitas na região do Paraná.

Cerca de 14 países de todos o continentes já foram atingidos, porém as porcentagens de proliferação estão menores comparadas com a de epidemias passadas como a SARS (Severe Acute Respiratory Syndrome).

Muitas medidas para a contenção do Corona vírus estão sendo tomadas. A China proibiu, no dia 27 de janeiro, que seus habitantes realizem viagens internacionais e turísticas. Em aeroportos internacionais, avisos são feitos para que pessoas que visitaram os países asiáticos procurem postos de saúde. 

O principal objetivo é evitar que o vírus se espalhe e acabe por se tornar uma epidemia, como muitas outras no passado. O Ministério da Saúde também está controlando a situação e afirma que viagens à China só devem ser realizadas em caso de extrema necessidade, pois todo o território é zona de risco para transmissão da doença.

Profissionais da saúde e hospitais estão recebendo orientações de como proceder em casos aqui no Brasil.

Mesmo Foz do Iguaçu sendo uma porta aberta para que vírus cheguem à região, não há motivos para histeria, podemos nos preocupar com cautelas, sempre tomando as medidas necessárias para se proteger e ficando alerta aos sintomas, como:

  • febre; 
  • tosse; 
  • dificuldade respiratória;
  • calafrios; 
  • dor de cabeça; 
  • dor corporal; e 
  • fadiga.

Transmitido pelo ar e contato com secreções e objetos contaminados, o vírus pode ficar incubado de dois a 14 dias.

Caso tenha os sintomas, utilize máscara que cubra a região da boca e nariz, mantenha-se em casa, higienize suas mãos e contate o posto de saúde mais próximo.

Sempre mantenha as medidas profiláticas, independente de apresentar os sintomas e evite contato com pessoas que visitaram zona de risco ou estão sintomáticas.

Participe da comunidade 100fronteiras

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e seu país. Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da Tríplice Fronteira, apresentando novos lugares, com isso você receberá conteúdos exclusivos e brindes.

Entre em nosso grupo do Whatsapp. Apoie o jornalismo local!

Nos encontramos lá, até mais!

Parceiros Comerciais


Newsletter

Ama a tríplice fronteira tanto quanto nós? Assine a newsletter 100fronteiras e receba conteúdo exclusivo. Seu apoio aprimora nosso trabalho para que possamos ajudar a aprofundar sua conexão com Ciudad del Este, Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú enquanto investimos no futuro do jornalismo local.



Deixe um comentário e participe da Comunidade 100fronteiras