Todos negativado: Profissionais do Hospital Costa Cavalcanti passam por testagem da covid-19

Todos os resultados foram negativos. Desde o início da pandemia, os colaboradores e médicos da linha de frente permanecem saudáveis.

O Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC) aplicou exames de diagnóstico (PCR Real Time) do novo coronavírus em todos os colaboradores e médicos da Unidade de Tratamento Covid-19 da instituição e também dos que estão à frente desse trabalho do Pronto Atendimento Respiratório. A medida é para resguardar a saúde do quadro de colaboradores e evitar possível contágio. Um total de 111 pessoas do quadro passou pelo screening.

Desde o início dos atendimentos, além dos pacientes internados na Ala Covid-19, 212 pacientes suspeitos foram atendidos no PA Respiratório do HMCC, dos quais 17 foram confirmados para a doença. Dos 111 profissionais que passaram pelo screening, nenhum foi positivado.

“Somos muitos preocupados com os nossos profissionais, especialmente nesta situação, quando eles estão lidando com pacientes infectados ou com suspeita de infecção por covid-19. Essa ação foi alinhada pelo Núcleo de Inteligência COVID-19 com a nossa diretoria”, destacou o diretor superintendente do HMCC, Fernando Cossa.
A medida tem como objetivo mapear com mais celeridade os casos do novo coronavírus.

“A realização desses testes é importante para definir a permanência do profissional de saúde no atendimento, prevenindo a disseminação do vírus em nosso hospital”, explicou o diretor.

Cossa comemorou o resultado:

“Ficamos muito felizes por nenhum deles terem a civid-19. Além dos testes ajudarem também a tranquilizar os profissionais, eles nos dão uma garantia que os profissionais estão preparados e treinados de forma adequada com o uso de equipamentos de proteção”.

O trabalho foi coordenado pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT). Os testes foram feitos no laboratório do Centro de Medicina Tropical do HMCC, credenciado desde o último dia 27 pelo Laboratório Central do Estado do Paraná.

“Esse rastreio será realizado com regularidade. A medida é para garantir a segurança dos profissionais”.

Foto: Nilton Rolim

Newsletter

Ama a tríplice fronteira tanto quanto nós? Assine a newsletter 100fronteiras e receba conteúdo exclusivo. Seu apoio aprimora nosso trabalho para que possamos ajudar a aprofundar sua conexão com Ciudad del Este, Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú enquanto investimos no futuro do jornalismo local.

Participe da comunidade 100fronteiras

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e a integração dos três países. Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da fronteira, apresentando novos lugares, histórias. Assinando você receberá conteúdos e promoções exclusivas.

Entre em nosso grupo do Whatsapp. Apoie a mídia local!

Nos encontramos lá, até mais!



Deixe a sua opinião