O Parque Tecnológico Itaipu – Brasil (PTI-BR) e o Grupo Brasil Soberano promoveram na noite desta última quarta-feira (27), o 1º Encontro de Negócios em Smart Cities.

Durante o evento, mais um passo foi dado para consolidar Foz do Iguaçu como referência na temática de Cidades Inteligentes com o lançamento do primeiro Centro de Excelência em Smart Cities do Brasil.  

A iniciativa é uma ação integrada que apresentará as ações de Foz do Iguaçu em seu desenvolvimento contínuo enquanto Cidade Inteligente, trabalhando em prol da inovação, empreendedorismo e negócios como caminho norteador.

Dando continuidade ao projeto iniciado em 2020, quando Foz do Iguaçu saiu na frente com o primeiro Sandbox regulatório para Smart Cities, que resultou na origem do Programa Vila A Inteligente, criado pelo PTI-BR, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Itaipu Binacional e Prefeitura de Foz do Iguaçu.

O objetivo do Centro de Excelência em Smart Cities, uma parceria entre o PTI e a Brasil Soberano, é de ser a representação real de um ambiente de integração das operações urbanas em municípios. Na abertura do evento de lançamento, o diretor de negócios e inovação do PTI, Rodrigo Régis, apresentou as ações em Cidades Inteligentes e sobre como será a atuação do centro. 

Primeiro Centro de Excelência em Smart Cities do Brasil é lançado em Foz do Iguaçu
Foto: Divulgação.

O centro contará com atividades de operação de tecnologias em ambiente real, imersão em cidades inteligentes, qualificação de operadores e gestores, capacitação de prestadores de serviço, teste, validação e certificação de soluções, matchmaking de tecnologias e consultoria, implantação e operação de CCO´s.  

Haverá ainda o acompanhamento de organismos de referência, como o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e a Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (ABRAC). 

Cidades mais inteligentes  

Em sua fala, o diretor superintendente do Parque Tecnológico, general Eduardo Garrido, comentou que o propósito dessa parceria é possibilitar que os municípios brasileiros repliquem os resultados obtidos no Programa Vila A Inteligente. “Tornando não só um modelo que possa ser replicado em todo o país, mas também resultando na transformação de municípios em cidades mais inteligentes, com maior eficiência na gestão dos recursos públicos, tomada de decisão, melhoria nos índices de segurança, educação, emprego, renda e qualidade de vida”, disse.  

“Um espaço que vai gerar oportunidades para que as startups criem, validem e testem soluções e tecnologias, em um estruturado ecossistema de empreendedorismo e inovação aberta, trabalhando em prol da inovação, empreendedorismo e negócios”, complementou o diretor superintendente. 

O presidente do Grupo Brasil Soberano, Alessandro Andrei Deuschle da Silva, falou sobre a atuação da instituição, referência em soluções tecnológicas e serviços de logística integrada e infraestruturas críticas, e ressaltou a importância dessa parceria. “Para nós da Brasil Soberano é uma grande satisfação fazer parte dessa iniciativa que junto com o PTI consolida a busca da formação e do conceito do conhecimento da área de Cidades Inteligentes. Esse espaço é a concentração de uma série de conhecimentos que vai efetivamente crescer para todo o país, traduzindo em benefícios para todos os cidadãos”, afirmou.  

Representando o Prefeito Chico Brasileiro, o secretário de turismo e projetos estratégicos de Foz do Iguaçu, Paulo Angeli, destacou a atuação das instituições que tem demonstrado toda a sua responsabilidade em promover o desenvolvimento da cidade por meio da inovação e tecnologia. “A prefeitura também está fazendo a sua parte, podemos fazer mais e queremos fazer mais para Foz do Iguaçu se transformar em uma cidade inovadora, juntamente com o PTI e a ABDI”, relembrou. “É uma satisfação estar participando do lançamento deste espaço que vai nos auxiliar nesse processo de transformação”, comentou.  

Mais parcerias  

Ainda, durante o 1º Encontro de Negócios, o PTI firmou mais duas importantes parcerias com o propósito de otimizar ainda mais as entregas na temática de Cidades Inteligentes. Uma delas com a Empresa Municipal de Informática de Recife (Emprel), para atuar conjuntamente na operação de Sandbox para Smart Cities, inovação aberta e oportunidades de negócios e a outra com a Indelta Bussiness, que vem para criar um veículo de investimento e aceleradora de startups na linha de Cidades Inteligentes e energias.

Logo após as formalizações de parcerias foi realizada uma palestra com o mestre e especialista em administração pela escola brasileira de administração pública e privada, Victor Domingues, sobre tendências e oportunidades em Smart Cities.  

Negócios & Networking  

A programação da noite teve continuidade com um jantar de negócios e networking. Além de muito bate-papo e conexões voltadas a temática de Cidades Inteligentes o jantar também foi marcado pela assinatura do Manifesto de Apoio para Governança em Smart Cities, uma parceria entre o PTI e o Sebrae/PR. 

Presenças  

As programações contaram com a presença do secretário estadual de desenvolvimento sustentável e turismo, Everton Souza; diretor administrativo-financeiro do PTI, Flaviano Masnik; gerente de novos negócios da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Tiago Faeirstein; secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação de Recife, Rafael Dubeux; fundador e presidente do conselho de administração da Indelta Business, Francisco José Martinez; fundador da Beon Claro, Diogo Natacci; diretor de operações do Sebrae/PR, Julio Cezar Agostini; e demais autoridades.

Comentários

Deixe a sua opinião