Os meses de abril e maio costumam ser os mais delicados quando se trata da dengue, pois é um período em que há um grande indíce de chuva e calor.

Nesta quarta-feira (25) foi divulgado o boletim, que contabilizou 663 casos de dengue no ano epidemiológico, que começou em agosto de 2021. Destes casos, 23 apresentaram sinais de alarme.

Adultos, na faixa etária de 15 a 29 anos e de 30 a 44 anos são os mais atingidos pela doença.

Todo o estado do Paraná está passando por uma epidemia de dengue, e já registrou 32 mortes e 171.361 casos notificados, com 67.655 confirmações.

Com os casos elevados, a doação de sangue entra em um momento delicado. Segundo informações do Hemonúcleo de Foz do Iguaçu este é um período de baixa nas doações, e a Instituição está trabalhando para reforçar a importância e buscar doadores.

O período de baixa procura se dá por vários fatores, um deles é o frio, com o tempo mais gelado as pessoas acabam desistindo de ir doar, outro ponto é a dengue, o doador precisa estar ciente do período de espera para realizar a doação de sangue.

É de grande importância realizar a doação agora quanto em qualquer outra época do ano. O Hemonúcleo oferece um ambiente confortável e preparado para receber os doadores. Além disso, fazer a doação de sangue e pensar no próximo aquece o coração.

O Hemonúcleo de Foz do Iguaçu orienta os doadores sobre os cuidados necessários para quem teve diagnóstico positivo para dengue:

  • Pessoas que tiveram dengue não hemorrágica podem doar após 30 dias ao fim dos sintomas;
  • Já quem teve dengue hemorrágica, a aptidão ocorre após seis meses da cura completa, desde que não tenha recebido transfusão.
Posso doar sangue se peguei dengue?
Imagem divulgada pelo Hospital Ministro Costa Cavalcanti.

“Durante a triagem, muitos doadores têm relatado ter tido dengue, e então a pessoa se torna inapta para doar. É importante que todos saibam destes prazos, e que também, aqueles que não tiverem a doença, venham nos ajudar para suprir a demanda”.

destaca o gerente da unidade, Félix Laber.

Como posso fazer para doar sangue?

Para realizar a sua doação, é preciso ir ao Banco de Sangue com o RG. Após o cadastro é feita a verificação da pressão arterial, pulso, peso e altura.

Para proteção da sua saúde e do futuro receptor, o doador também deverá responder a um questionário. Após a verificação de dados é realizado o exame de anemia, se o doador for aprovado, fará a doação de aproximadamente 450ml (de acordo com o peso) e mais as amostras para os exames de aproximadamente 30ml.

Ao término da coleta o doador ficará algum tempo em observação, e posteriormente, receberá um lanche. A recomendação é de que ele permaneça no local por cerca de 15 minutos.

Condições para doação de sangue:
– ter entre 18 e 65 anos de idade;
– pesar acima de 50 kg;
– ser saudável;
– estar bem alimentado e ter dormido no mínimo seis horas;
– apresentar documento oficial de identidade com foto.

Frequência: Homens de 18 a 60 anos podem realizar quatro doações em 12 meses, com intervalo mínimo de 60 dias entre as doações. As mulheres entre 18 e 60 anos podem fazer três doações em 12 meses com intervalo mínimo de 90 dias;

O Hemonúcleo de Foz do Iguaçu atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, e aos sábados das 7h30 às 12h. O banco de sangue fica na Avenida Gramado, 364 – Itaipu A.

Comentários

Deixe a sua opinião