banner-foz-itaipu-foz

Nunca se falou tanto da importância de um sistema de saúde eficiente como no último ano. E apesar de Foz do Iguaçu contar com bons hospitais e unidades básicas de saúde, há sempre o que melhorar. Por isso, o Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), que em 2021 foi reconhecido como o 16º melhor hospital do Brasil, e considerado o melhor do Paraná pela revista Newsweek, preparou um grande presente para a cidade dando início às obras de ampliação do HMCC, com investimento de R$ 64,7 milhões da Itaipu Binacional.

A primeira fase consiste na construção do Serviço de Endoscopia, que terá 114 metros quadrados. Outra parte é a ampliação do Serviço de Oncologia e do Centro Clínico, com um novo e amplo Laboratório de Análises Clínicas, também em andamento.

Reforma no HMCC - maternidade
Área da maternidade do HMCC.

Já para o segundo semestre será construída a principal estrutura que consistirá na nova Unidade Maternoinfantil, que terá oito mil metros quadrados. Além disso, o Centro Cirúrgico e o Serviço de Diagnóstico por Imagem também passarão por ampliação até 2023. Com o investimento previsto, o HMCC vai aumentar o número de leitos dos atuais 202 para 260 e, posteriormente, para 280. A área construída, de 25 mil m², ganhará outros 12 mil m², além da reforma de 8 mil m² da estrutura atual.

Ou seja, serão muitas etapas que consistirão em uma grande e importante ampliação do hospital para atender ainda mais pessoas da comunidade e manter os níveis de excelência do HMCC, que atualmente é um dos poucos hospitais brasileiros (apenas 3%) que atingiram o nível 3 de acreditação (uma espécie de certificação da qualidade para serviços hospitalares).

Reforma no HMCC - maternidade
Vista do novo espaço do HMCC.

Tudo isso para proporcionar o melhor atendimento em nossa cidade, não só para atender a nossa gente, mas também para atrair a população da região e de outras cidades e dos países vizinhos. Toda essa estrutura à disposição dos planos de saúde contratados – e do Itamed, único plano de saúde da região que conta com toda a estrutura do Hospital Ministro Costa Cavalcanti.

Foz vai tornar-se um hub mundial de turismo de saúde

Outra grande novidade anunciada pelo Hospital Costa Cavalcanti é a sua unidade no Day Medical Center, que consistirá em um prédio de dez andares, do qual três serão exclusivos do centro hospitalar, com quase sete mil metros quadrados.

Day Medical Center Foz

Com isso, a unidade do HMCC no Day Medical Center será voltada a atendimentos diferenciados e contará com um centro de diagnóstico por imagem, salas especiais destinadas a serviços de checape executivo, centro de atenção à saúde da mulher, laboratório de análises clínicas e um hospital-dia, com um centro cirúrgico para a realização de procedimentos de baixa e média complexidade, que permitem ao paciente ter alta no mesmo dia. O centro cirúrgico terá seis salas para cirurgias, 12 leitos de recuperação anestésica e oito suítes hospitalares.

Day Medical Center Foz
Day Medical Center.

O Day Medical Center estará localizado na Rua Benjamin Constant, nas imediações da sede da Prefeitura de Foz do Iguaçu. A construção já começou, e a previsão de conclusão é junho de 2023. O centro oferecerá tratamento personalizado para pacientes particulares e conveniados.

Aproveitando todos os investimentos em nossa cidade, especialmente as obras estruturantes financiadas pela Itaipu Binacional, esse grande e ousado projeto também servirá como uma fonte de turismo para Foz do Iguaçu, pois com a realização de cirurgias de pequena e média complexidade, como as intervenções plásticas, dermatológicas, oftalmológicas e otorrinolaringológicas, espera-se que os chamados “turistas de saúde” venham para Foz e fiquem na cidade por até 15 dias, o que aumentará o tempo de permanência do turista e, consequentemente, movimentará a economia local.  

Fernando Cossa - diretor do HMCC
Fernando Cossa.

“Tanto a ampliação do HMCC quanto a unidade no Day Medical Center são um presente para Foz do Iguaçu”, disse o diretor-superintendente do HMCC, Fernando Cossa, que continuou:

“Nunca falamos tanto de saúde como no último ano, e oferecer um serviço de qualidade e excelência para nossa cidade sempre fez parte do nosso propósito. Estamos trabalhando para oferecer um serviço de ponta, com qualidade e segurança assistencial, trazendo inovação e conforto aos nossos pacientes”.

fernando cossa

Colaboração no texto: Jornalista Débora Black Nascimento

lEIa também!

Patrícia Buche

Formada em Jornalismo na UDC e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas na Unila, atualmente é jornalista da 100fronteiras e recentemente conquistou pela 100fronteiras o primeiro lugar no 1º Prêmio Faciap de Jornalismo.

Diálogos 100fronteiras

Deixe a sua opinião