Estudantes, professores, pesquisadores e entusiastas do tema podem acessar, a partir desta sexta-feira (18), as informações do e-book “Desafios da pandemia de covid-19 na saúde única: integrando o monitoramento de esgoto à vigilância em saúde”, desenvolvido pela equipe do projeto Monitora Covid-19: Itaipu – Foz do Iguaçu. 

O material inédito se encontra disponível na página da iniciativa tanto para leitura quanto para download: https://www.pti.org.br/projetomonitoracovid19/.

Com 198 páginas, o e-book apresenta uma visão geral e unificada dos conhecimentos que foram adquiridos por meio das pesquisas realizadas, até o momento, sobre a covid-19, dentro da abordagem do conceito de Saúde Única. Também aborda o monitoramento clínico da doença, o surgimento de variantes, a importância das vacinas e o monitoramento do SARS-CoV-2 no esgoto.

Antes de ser disponibilizado para o público em geral, o e-book foi apresentado para as instituições parceiras e comunidade acadêmica, durante um webinar.

O evento contou com a participação de representantes da Itaipu Binacional, Parque Tecnológico de Itaipu (PTI-BR), Universidade Federal do ABC (UFABC), Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu e Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC).

Para o gerente da Divisão de Reservatório da Itaipu, Irineu Motter, a iniciativa se soma às ações desenvolvidas pela binacional relacionadas ao saneamento e saúde pública.

“Esse projeto vai deixar um importante legado de conhecimentos adquiridos que podem ser aplicados em favor da vida”, especificou Irineu, que representou o superintendente de gestão ambiental da Itaipu, Ariel Scheffer, durante o webinar.

O diretor técnico do PTI-BR, Rafael Deitos, destacou o esforço dos técnicos e pesquisadores da instituição envolvidos nas atividades do projeto que vão desde a coleta de amostras, análises no laboratório do Parque e geração dos resultados semanais que subsidiam os boletins epidemiológicos do município.

“Dentro da missão do PTI-BR está a geração de informação útil para sociedade. O lançamento desse e-book é um bom exemplo de uma iniciativa que surgiu na academia, virou realidade e vai impactar a vida das pessoas”, resumiu Deitos.

Os boletins epidemiológicos têm sido uma importante ferramenta de informação pública, transparente e de fácil acesso para a população do município.

Segundo a diretora do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu, Carmensita Gaievski, “o livro vai integrar o ciclo de publicações relevantes que servem tanto para os munícipes quanto para os tomadores de decisões pautarem suas estratégias de combate ao vírus.”

Quem também destacou a importância dos estudos que resultaram na publicação do livro foi o diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile, afirmando que “em situações adversas, como a pandemia vivenciada nos últimos anos, a ciência tem sido nossa melhor aliada. Projetos como esse nos ajudam a traçar alternativas para as melhores decisões em prol da população”.

Monitora Covid-19

O projeto tem o objetivo de monitorar a presença de RNA do vírus SARS-CoV-2 e de suas variantes no esgoto da usina de Itaipu e em Foz do Iguaçu, e de produzir diversos mecanismos de divulgação técnico-científica sobre o assunto.

Em 2021, o projeto já havia lançado uma cartilha à população com linguagem acessível para o entendimento do avanço ou a queda da carga viral no município.

O projeto parte da constatação de que pessoas com a covid-19 (sintomáticos e assintomáticos) podem eliminar o vírus nas fezes antes do aparecimento dos primeiros sintomas da doença; e após o desaparecimento dos sintomas, por até 40 dias, com carga viral reduzida.

Comentários

Deixe a sua opinião