O descarte de 4,5 mil doses de vacina contra a Covid-19 acontece devido a redução na procura pelos imunológicos em Foz do Iguaçu. Uma parte notável da população da cidade ainda não está com o esquema vacinal completo, o que preocupa autoridades e profissionais da saúde.

A coordenadora do programa de imunização, Adriana Izuka, explica que o município tentou reforçar o incentivo a vacinação através de trabalhos feitos nos últimos meses. Segundo Izuka, a vacinação em creches para crianças, as ligações telefônicas para os pacientes com doses em atraso e o remanejamento das doses entre as unidades de saúde foram algumas das tentativas feitas para que as vacinas fossem aplicadas de acordo com o esquema vacinal de cada faixa etária.

Apesar das estratégias adotadas pela Prefeitura Municipal em conjunto com a Secretária da Saúde e a Vigilância Epidemiológica, a busca pela vacina em Foz do Iguaçu continua abaixo do esperado.

Vacinação em Foz do Iguaçu
Vacinação em Foz do Iguaçu. Foto: Christian Rizzi/PMFI

Em consequência, uma quantia notável de vacinas acabou sendo desperdiçada na cidade. Conforme foi afirmado pelo programa de imunização, há algumas semanas a Secretaria da Saúde vem reduzindo a quantidade de pedidos por novas doses de acordo com a diminuição da demanda em mente. Ainda assim, o descarte das doses já adquiridas foi inevitável.

Adriana Izuka enfatizou que há um público de 100 mil pessoas que podem ser imunizadas com a quarta dose na faixa dos 40 anos, mas que apenas 30% dessa parcela procurou as unidades de saúde. Em adição, o grupo com menor cobertura vacinal é o dos adolescentes e das crianças – o primeiro com 15% de cobertura na dose de reforço do plano vacinal e o segundo com 60% de cobertura entre a 1ª e 2ª dose.

No Paraná

De certo, o problema não é exclusivamente de Foz do Iguaçu. No Paraná, são quase 200 mil doses de vacina que estão perto do vencimento. Desse modo, é possível que essas doses tenham um destino semelhante caso não sejam utilizadas nos próximos 30 dias.

A Secretária do Estado de Saúde afirma que o levantamento feito é dinâmico e não implica que as vacinas chegarão a vencer. Como mencionado, existem estratégias designadas para que as pessoas sejam efetivamente vacinadas.

Em Maringá, no norte do Estado, cerca de 20 mil doses vencem na próxima sexta-feira (05/08). Embora a cidade tenha liberado a 4ª dose da vacina para todos aqueles acima de 18 anos, a baixa procura persiste. O lote que está para vencer, da vacina Pfizer, é destinado a adolescentes e adultos. De acordo com a prefeitura de Maringá, 55 mil pessoas podem receber a quarta dose da vacina no município.

Mais informações sobre Foz do Iguaçu

A Redação da Revista 100 Fronteiras entrou em contato com a Secretaria da Saúde de Foz do Iguaçu e aguarda declaração sobre o vencimento dos imunológicos na cidade. Quando possível, atualizaremos segundo informado.



Comentários

Deixe a sua opinião