Depois do ciclo da madeira, da erva-mate, da construção da Itaipu, dos compristas, finalmente chegamos ao da consolidação do Destino Iguaçu como destino do mundo. No entanto, para o pleno desenvolvimento do turismo, ainda nos faltava aquilo que é mais essencial para o crescimento de uma região: a infraestrutura e a atração e retenção de conhecimento. 

Sem infraestrutura não podemos prosperar. Em nosso destino, isso faz falta. Ou melhor, fazia. Estamos vendo tornar-se realidade a ampliação do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas, a melhoria da estrutura de saúde pública, tratativas para a retomada da Perimetral Leste, que desafoga o fluxo de produção da Argentina via nossa cidade, e para a duplicação da Rodovia das Cataratas. Assim como, quem sabe a maior das obras, a concretização do início da construção da segunda ponte para o Paraguai. Além do fomento à criação de um ecossistema de inovação que promete transformar a cidade em poucos anos.

Nesta edição queremos testemunhar essa nova realidade, esse novo círculo virtuoso que promete transformar toda a realidade econômica regional. É uma forma de a 100fronteiras contribuir com a comunidade, comunicando esse movimento por meio de um especial mostrando em detalhes a obra da segunda ponte e do Programa Acelera Foz, desenvolvido pelo PTI.

Também temos a visão histórica das promessas que se iniciaram em 1992 até a concretização que estamos observando. Precisamos registrar a visão futurista e de compromisso com a cidade e toda a região da diretoria da Itaipu Binacional.

A 100fronteiras conclama a iniciativa privada de Foz do Iguaçu para que se aproxime do PTI, participe, engaje-se. Todos têm oportunidade nesse novo pulsar da realidade. Para isso, o Parque Tecnológico Itaipu dá abertura e convida todos para que se tornem sócios deste momento histórico e cresçam juntos. 

Nesse desafio estão abertos três editais para que as empresas se sintam convidadas a participar de sua maneira, cada uma nos projetos de crescimento individual que irão alavancar o crescimento de todos nós. Vamos juntos?

Foi vereador em Foz do Iguaçu aos 26 anos, por dois mandatos (1989-1996), professor de história, jornalista, redator-chefe e bacharel em direito.

Coordena nacionalmente a Comissão de Editores Locais da ANER, é membro do conselho fiscal da entidade (2019-2020), iguaçuense, jornalista, publisher da 100fronteiras com Master em Gestão Estratégica e de Marcas pelo ISE Business School, São Paulo e Universidad de Navarra, Espanha.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião