Colégio Sesi Internacional - display portal

Segundo o portal argentino La Voz de Cataratas, os vereadores iguazuenses vão pedir ao governo nacional a reabertura da fronteira argentina, nesta quinta-feira.

O Projeto de Comunicação tem a assinatura do Presidente do Conselho, na qual expõe a situação da cidade com a fronteira fechada.

“A ligação através da ponte Tancredo Neves é um dos eixos que sustentam a economia da cidade. Que a restauração desta conectividade se apresenta como uma necessidade incontornável para a comunidade”, conforme entende o governo, que solicitou ao governo nacional a reabertura da fronteira argentina, de acordo com o portal.

“É urgente que a fronteira e o tráfego sejam restaurados a fim de começar a restaurar os danos que a pandemia causou” cita o portal argentino La Voz de Cataratas.

Manifestações em Puerto Iguazú para reabertura da fronteira argentina é parada

Nesta quarta-feira, iguazuenses se mobilizaram próximo a rotatória de acesso a Puerto Iguazú para exigir a reabertura da fronteira argentina.

O grupo denominado “Vizinhos da Autoconvocados” fechou a Ruta Nacional 12 e a Avenida Juan Domingo Perón, nas proximidades do centro de fronteira.

Mas o portal El Independente Iguazú noticiou, ontem mesmo, que o grupo levantou acampamento no fim da tarde.

O portal conversou com Fredy Ríos, porta-voz do grupo, e ele confirmou que o grupo havia deposto a medida por “falta de contato” com as autoridades nacionais. 

“Decidimos suspender a medida de força, porque não tínhamos contato, nem a nível nacional nem provincial. Vamos traçar estratégias em conjunto com o Sindicato, a Associação Feiriña, a Câmara de Transporte e todos os cidadãos que desejam dar cumprimento à reclamação. A partir de amanhã começaremos a trabalhar na redação de uma carta, dirigida ao Presidente da Nação, que será apresentada ao governador da província, para que tenha um destino seguro. Queremos ficar do lado do governador nessa luta. Saímos da estrada, mas essa luta continua “.

disse Ríos por volta das 21h ao portal El Independente Iguazú.

Comentários

Deixe a sua opinião