cellshop

Desde que a fronteira entre Brasil e Argentina reabriu oficialmente no dia 1º de novembro deste ano a cidade de Puerto Iguazú se tornou a principal via de acesso para quem deseja visitar o país vizinho. A informação foi confirmada pela Direção Nacional de Migração (DNM) ao destacar que desde 1º de novembro 14.949 pessoas entraram na Argentina para fazer turismo até hoje. E em se tratando de acessos terrestres Puerto Iguazú passou a ser a principal porta de entrada dos turistas estrangeiros, onde os brasileiros aparecem em primeiro lugar. 

De acordo com fontes oficiais, entraram 2.051 brasileiros, 325 paraguaios e três alemães. Cinco franceses, dois canadenses, dois peruanos, dois mexicanos e dois colombianos, além de um chileno, também cruzaram a fronteira. Paralelamente, outros 92 argentinos entraram novamente pela ponte Tancredo Neves. Esse fluxo teve forte impacto na economia da cidade iguazuense, que voltou a movimentar após quase dois anos fechada para turistas estrangeiros devido à crise sanitária de coronavírus. 

Ainda em se tratando de dados, do total de turistas que entraram no país, mais da metade entrou por via aérea. Nesse sentido, o Aeroporto Internacional de Ezeiza recebeu 6.997 turistas e 2.298 turistas ingressaram no Aeroporto Jorge Newbery. Os aeroportos internacionais de Mendoza, Iguaçu e San Fernando também receberam turistas. 

Em relação às travessias terrestres, um total de 3.819 turistas foram para a Argentina, sendo que desses 1.872 turistas passaram via Foz do Iguaçu (BR).

Por outro lado, os corredores de segurança marítima e fluvial agregam 1.432 turistas entre o Porto de Ushuaia e os terminais portuários de Buquebus e Colonia Express.

Fonte: Economis



Comentários

Deixe a sua opinião