A semana não começou boa no Parque Nacional do Iguazú (Argentina). No fim desta segunda-feira uma jaguatirica que estava prenha foi atropelada, infelizmente o animal e o filhote não resistiram ao acidente e morreram.

O resgate foi feito pelo Güira Oga – um Refúgio de Vida Selvagem localizado em Puerto Iguazú.

IMAGEM COM BORRÂO DEVIDO A ÓRGÂOS EXPOSTOS. Foto: Refúgio Güirá Oga – Iguazú.

Após a morte dos animais, a equipe de veterinários do abrigo realizou uma abertura de emergência para avaliar a gravidade. O útero da jaguatirica foi rompido assim como a parede abdominal e o filhote estava no tecido subcutâneo.

Raio X realizado pelo Refúgio Güirá Oga – Iguazú.

“A sensação de dor e impotência que gera em toda a equipe do Abrigo Güira Oga é sem palavras, principalmente quando foi um acidente que, respeitando as velocidades, poderia ter sido evitado.”

Desabafa a equipe em sua página no Facebook.

A jaguatirica foi encontrada por visitantes que passaram no momento. Somente em Misiones, estima-se que mais de 5 mil animais morrem a cada ano decorrente de atropelamentos em estradas que cruzam áreas protegidas.

Comentários

Deixe a sua opinião