Colégio Sesi Internacional - display portal

Pouco tempo depois da decisão administrativa da Nação autorizar a travessia na Ponte Tancredo Neves, os primeiros argentinos cruzaram a fronteira.

Assim o primeiro teste piloto foi colocado em prática. Segundo o portal El Territorio, um total de sete veículos cruzaram a ponte, todos são argentinos que voltaram ao país depois de ficarem presos na outra margem do Rio Iguaçu pela pandemia.

Foi colocado em prática o protocolo sanitário, e em paralelo iniciaram-se os preparativos para a recepção de autoridades nacionais para a abertura formal do teste-piloto de entrada de turistas argentinos e estrangeiros. 

O evento será a partir das 17h00 e será conduzido pelo Governador de Misiones e pelo Ministro do Interior Eduardo Wado De Pedro. 

O que precisa para cruzar a fronteira?

Para cruzar a fronteira argentina, é necessário apresentar o PCR feito em até 72h antes de entrar, também é preciso estar com a segunda dose da vacina aplicada a pelo menos 14 dias para poder ingressar sem a necessidade de quarentena.

Pode atravessar com o teste rápido de covid-19?

De acordo com fontes internas, não é possível ingressar no país apenas com o teste rápido de covid-19, é necessário ter o PCR.

E se eu estiver somente com uma dose da vacina?

Pessoas que não apresentarem esquema de vacinação completo, incluindo os menores de idade, deverão fazer quarentena, testar para antígeno ao entrar e fazer teste de PCR até o sétimo dia.

Quem pode atravessar a fronteira?

Apenas podem entrar na Argentina residentes de BR ou estrangeiro que resida no BR (entram como turista) podem visitar todo o turismo nacional.

Turistas podem ficar em Puerto Iguazú por quantos dias?

Não tem dias definido para o turista ficar na Argentina, porém passando os 5 – 7 dias tem que fazer o teste PCR na Argentina.

Crianças podem ir para a Argentina?

Eles podem ingressar sim, sem vacina. Porém lá vão fazer o teste rápido de covid-19.

El medio es mío @radio33iguazu

“Estamos super felizes aqui, já conseguimos passar de novo com uma família. Estamos felizes com a gestão do governador que fez possível acontecer isso, porque permitiu voltar para Argentina. Ele está junto com os filhos e com a esposa.”

O que ocorre nesta segunda-feira é um teste-piloo, limitado a Puerto Iguazú, e a reabertura mais ampla deverá ocorrer a partir de 1º de novembro, segundo o que foi levantado pelo Itamaraty.

Comentários

Deixe a sua opinião