Protesto a favor da reabertura das pontes da Amizade e Fraternidade

Vários representantes de comércios, autônomos e do setor turístico da cidade estão convidando para um protesto a favor da reabertura das fronteiras, que acontecerá nesta quarta (20).

Nossa cidade é rodeada por duas grandes fronteiras, Brasil-Paraguai e Brasil-Argentina. Por elas atraímos turistas, visitantes e empreendedores. Pessoas que se interessam em descobrir a multiculturalidade que nossa região trinacional carrega. Infelizmente, passados dois meses, as duas fronteiras foram fechadas, deixando muitos trabalhadores e moradores sem ter acesso a elas.

Não é raro encontrar depoimentos nas redes sociais de moradores de Ciudad del Este que trabalham em Foz do Iguaçu pedindo auxílio, ou moradores de Foz do Iguaçu que dependem do comércio de Ciudad del Este para sobreviver. E, claro, temos do outro lado a cidade de Puerto Iguazú – que tem boa parte de sua economia voltada ao turismo, que neste momento enfrenta dificuldades econômicas, fazendo com que muitos empreendimentos fechem suas portas.

Por esses motivos, muitos iguaçuenses indignados com a atual situação resolveram realizar uma manifestação pacífica em prol da reabertura das fronteiras. O empresário Arif Osman é um dos líderes desse movimento e concedeu uma entrevista exclusiva à 100fronteiras, na qual esclarece alguns fatos.

Arif diz que a intenção inicial era que o lado brasileiro entrasse nessa luta. Mas muitos amigos argentinos e paraguaios souberam da iniciativa dos empresários de Foz e se propuseram a realizar a mesma ação em seus países (sem data de realização até o fechamento desta matéria).

O empresário conta que seu objetivo é:

“chamar a atenção dos governos dos três países, que o fechamento das fronteiras não existe neste momento. Se caminhões, vans, veículos oficiais estão indo e vindo todos os dias, por que nós não podemos? Que preparem uma barreira sanitária e controlem o acesso das pessoas, mas liberem a volta aos postos de trabalhos de todos que vivem nesta fronteira. E se abrirem com controles e responsabilidade, poderemos voltar aos nossos trabalhos, sensibilizando os três governos”.

A ideia dessa ação, além dos empresários, chamou a atenção e união dos mototaxistas, taxistas e donos de estacionamentos próximos à ponte localizada na Vila Portes. O evento intitulado #VEMPRAPONTE promete ser pacífico. Todos que quiserem participar devem ir com máscaras e dentro de seus veículos respeitando o distanciamento. O ato, conforme o empresário, é para expressar o direito de ir e vir que foi interrompido. Ele acredita que o movimento pode sensibilizar o governo dos três países, pois é um ato ordeiro e com muitas pessoas e veículos apoiadores. Arif espera o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para parar o trânsito durante meia hora.

“Convido toda a população de Foz do Iguaçu para juntos mostrarmos que aqui na Tríplice Fronteira não existe o lado de lá e o lado de cá. Sempre cuidamos de todos os lados. E esta barreira hoje é uma ofensa a todos que costumam ir a Ciudad del Este, Puerto Iguazú e Foz do Iguaçu”, finaliza Arif Osman.

Ponto de encontro

Encontro às 9h, na Rua Oswaldo Cruz, nº 368. Saída 9h30 até 10h em direção à PRF na ponte pela Travessa Augusto dos Anjos. Dali em direção ao viaduto, retornando em direção à ponte/aduana, bem lentamente, e fazendo a segunda volta em direção ao viaduto e depois para a ponte/aduana.

Newsletter

Ama a tríplice fronteira tanto quanto nós? Assine a newsletter 100fronteiras e receba conteúdo exclusivo. Seu apoio aprimora nosso trabalho para que possamos ajudar a aprofundar sua conexão com Ciudad del Este, Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú enquanto investimos no futuro do jornalismo local.

Participe da comunidade 100fronteiras

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e a integração dos três países. Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da fronteira, apresentando novos lugares, histórias. Assinando você receberá conteúdos e promoções exclusivas.

Entre em nosso grupo do Whatsapp. Apoie a mídia local!

Nos encontramos lá, até mais!



One thought on “Protesto a favor da reabertura das pontes da Amizade e Fraternidade

Deixe a sua opinião