Itaipu-Polo-Iguassu-entrega-cartões-alimentação-cestas-básicas-live-solidária-turismo
Foto: Alexandre Palmar.

O Polo Iguassu entregou para profissionais do setor turístico mais de 560 cartões alimentação e 40 cestas básicas arrecadados durante a live solidária do turismo na usina de Itaipu. A entrega acontece na sede da Acifi, entre quinta (2) e sexta-feira (3), de forma escalonada, para não haver aglomeração.

Entre doações de pessoas físicas e jurídicas, a live teve um saldo de R$ 84 mil. A iniciativa foi do Acelera Foz e contou com o apoio da Liga Independente dos Guias de Turismo (Liguia).

Só a usina de Itaipu doou para a ação, por meio do recurso do auxílio eventual, R$ 50.250,00, transformados em 335 cartões da Nutricard, no valor de R$150 cada. Já por meio de Picpay e depósito em conta, as doações somaram R$ 34.050,00. Com esse dinheiro, foi possível adquirir outros 227 cartões alimentação da Greencard, também no valor de R$150,00 cada um. No total, foram 562 cartões.

A live também recebeu 40 cestas básicas, 20 delas doadas pelo Hotel Tarobá, dez pela Comercial Della Preve e outras dez do Empório dos Bolos. Doaram para a live a Idisa Veículos, a Cooperativa Lar, a Cooperativa Frimesa, o Posto Azteca, o Sicoob Três Fronteiras, o Complexo Dreamland, a Churrascaria Rafain Show, a Cooperativa Sicredi e a Rede Costa Oeste de Comunicação. A Nutricard e Greencard abraçaram a causa.

live-solidaria-itaipu-gabriel-smaniotto-foz
Foto: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional

O Programa Acelera Foz tem a coordenação estratégica do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Prefeitura de Foz, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento, Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

A live ocorreu no dia 10 de junho, aniversário de Foz, no Mirante Central da usina. O show do cantor iguaçuense Gabriel Smaniotto foi transmitido de forma on-line e alcançou mais de dez mil pessoas.

“Foi uma forma positiva de dar uma mensagem de esperança para nossa gente e, ao mesmo tempo, ajudar a base de um segmento importante da nossa comunidade de Foz do Iguaçu, que é o turismo”, disse o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

Participe da conversa

1 Comentário

  1. 500 pessoas do turismo não chega a um quarto dos necessitados…Ao passar mais de cem dias sem nenhum trabalho com remuneração, as coisas só pioraram…A maioria contava com esses R$ 150,00.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião