Presidente da APEP participa de reunião da ANAPE no Rio de Janeiro

136

Quarta reunião do Conselho Deliberativo deste ano da Associação Nacional aconteceu durante o VII Encontro Nacional das Procuradorias Fiscais

O presidente da Associação dos Procuradores do Paraná, Eroulths Cortiano Junior, participou da quarta reunião de 2019 do Conselho Deliberativo da ANAPE na quarta-feira, dia 8 de maio, na sede da Procuradoria-Geral do Estado do Rio de Janeiro, na capital carioca.

Na pauta da reunião, que aconteceu durante o VII Encontro Nacional das Procuradorias Fiscais, assuntos relacionados à carreira, além da aprovação da Ata da última reunião. “Em assuntos gerais, foi aprovado o ingresso de mais três ADIs, objetivando a preservação da competência constitucional dos Procuradores de Estado – um dos pedidos formulado pela APEP, e o ingresso como amicus curiae em uma outra ação, que trata de contribuição previdenciária”, destacou o presidente da ANAPE, Telmo Lemos Filho.

Após os informes da presidência, o diretor de Assuntos Legislativos, Vicente Martins Prata Braga, fez um relato da tramitação da PEC 6/2019, que modifica o regime previdenciário, e propôs uma presença maior de todos os procuradores de Estado nos debates da Comissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

Já a diretora de Filiação e Convênios, Fabiana Azevedo da Cunha Barth, atualizou o plenário sobre as negociações para um plano nacional de saúde dos procuradores de Estados e propôs novas estratégias para ampliar as filiações na Anape. “Nós disponibilizamos os contatos da assessoria de comunicação da Anape e ficamos também à disposição para buscar personalizar uma campanha de filiação para cada associação estadual, analisando a situação de cada entidade local para termos resultados mais efetivos”, explicou Barth.

A diretoria da Escola Nacional de Advocacia Pública Estadual, chefiada pelo procurador Fábio Jun Capucho, também apresentou as novas ações para a área. A ideia é criar um canal no YouTube para auxiliar na divulgação e na formação dos associados da Anape. “Desde o começo nós tínhamos essa visão de que, como uma instituição nacional, precisamos alcançar o Brasil inteiro e, por isso, precisamos nos valer da tecnologia. Dentro do contexto da Anape hoje, essa nos pareceu a melhor solução”, afirmou Capucho.

Com informações da ANAPE




Deixe um comentário