Parque das Aves recebe visitação recorde no feriadão de Corpus Christi

329

De 20 a 23 de junho, 14.016 pessoas visitaram o atrativo, o movimento foi 81% maior que o mesmo período de 2018

Durante o feriado de Corpus Christi, o Parque das Aves recebeu mais de 14 mil visitantes nos quatro dias. O movimento é 81% superior ao mesmo período de 2018, quando o Parque recebeu 7.738 turistas.

O número foi bastante superior ao esperado pela direção do Parque para este feriado, que era de 8.500 visitantes. Entre os motivos do aumento previsto estão a trilha completamente repaginada, com foco em espécies da Mata Atlântica, e o Backstage Experience, roteiro que recentemente recebeu reconhecimento máximo no TripAdvisor.

Segundo a diretora administrativa do Parque, Jurema Fernandes, o aumento da visitação é decorrente do maior interesse das pessoas por temas relacionados ao meio ambiente e por experiências na natureza, mas o trabalho de reestruturação do Parque fez toda diferença.

“Apostamos em focar nossos esforços em aves da Mata Atlântica e o público aprovou com o crescimento contínuo e sustentável no número de visitantes. Nossa expectativa é de contínuo crescimento da visitação, e para a alta temporada de julho estamos bastante otimistas”, diz.

Jurema conta ainda que ao conhecer o Parque, a pessoa passa a valorizar a natureza e o trabalho de conservação da Mata Atlântica que é realizado e se torna uma aliada na defesa desse bioma.

Apesar do início do inverno, os dias de sol e temperatura agradável aqueceram a movimentação e o dia de maior visitação foi sábado, quando o Parque recebeu 4.298 pessoas, que puderam aprender mais sobre o trabalho de conservação das 120 espécies e subespécies de aves da Mata Atlântica em risco de extinção.

Novo recorde à vista

O resultado de agora aproxima ainda mais o Parque das Aves de um novo recorde histórico anual de visitação, que foi de 830 mil visitantes em 2018. Ainda é cedo para fazer uma estimativa mais precisa, mas com as novidades que o Parque vai lançar ainda este ano, como os dois novos viveiros para o mês de dezembro, a visitação pode aumentar ainda mais.

“O Destino Iguaçu está cada vez mais consolidado entre as principais escolhas dos turistas brasileiros. Com esse aumento e com uma maior divulgação de nossos atrativos, o Parque das Aves se fortalece no cenário turístico nacional, se confirmando não apenas como uma opção a mais, mas como roteiro obrigatório”, avalia Jurema.

Além disso, como visitantes dos Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália não precisam mais apresentar visto de entrada no Brasil, a isenção do documento pode aumentar ainda mais o número de turistas de fora do Brasil.

 

 

Sobre o Parque das Aves

Com 25 anos de atuação e 230 colaboradores, o Parque das Aves é a única instituição do mundo focada na conservação de aves da Mata Atlântica. Possui 16 hectares de mata restaurada, com 1.400 aves e 140 espécies diferentes, com viveiros de imersão e borboletário. O objetivo do Parque é atuar investindo significativamente para criar um impacto positivo para aves da Mata Atlântica. O Parque das Aves recebe 830 mil visitantes por ano, sendo o primeiro atrativo mais visitado em Foz do Iguaçu depois das Cataratas.

 




Deixe um comentário