Hoje, dia 24 de fevereiro, é uma data importante para os paraguaios, especialmente para as mulheres paraguaias. Hoje é comemorado o Dia da Mulher Paraguaia, em alusão à “Primeira Assembléia de Mulheres Americanas”.

A Primeira Assembléia aconteceu na capital do PY, em Assunção, em 1867 na Plaza de Mayo, as mulheres da capital e do interior do país doaram suas joias para colaborar com a causa da guerra da Tríplice Aliança.

“Mil mulheres se reuniram há 150 anos em frente ao que hoje é a Catedral Metropolitana de Assunção”.

diz a BBC World em uma de suas publicações.

Em reconhecimento ao gesto patriótico a historiadora Idalia Flores de Zarza e da deputada Carmen Casco de Lara Castro, tiveram a iniciativa do projeto de lei para comemorar o Dia da Mulher Paraguaia todo dia 24 de fevereiro.

Desde então, a data ressignifica o papel da mulher na história da construção da nação paraguaia, mas também é um dia para refletir se o que queremos são discursos ou nossos direitos.

Somos 100fronteiras, então a equipe não poderia deixar de ter a diversidade da Tríplice Fronteira. A CEO do Grupo e a executiva de contas são paraguaias.

“Acho muito importante comemorar o Dia da Mulher Paraguaya pois demonstra a valentia, a bravura e a glória da raça Guarani, como o próprio papa já disse: La Mujer Paraguaya es la más gloriosa de Latinoamérica! Y Yo como paraguaya siento mucho orgullo de mi origen y de la propia historia del Paraguay!” Diz a CEO do Grupo 100fronteiras, Lilian Grellmann.

“A minha mãe é a maior inspiração e exemplo! Melhor mãe do mundo, exemplo de força, a típica mulher paraguaia (Kuña Mbarete) mulher guerreira. Nada é impossível para ela. Já dizia o Papa Francisco quando veio na Basílica de Caacupé visitar a (Virgem de Caacupé) mãe de todos os paraguaios, (Lá mujer paraguaya la más gloriosa de America)”. Diz a executiva de contas, Evelin Fretes.

Dia da Mulher Paraguaia

“A mais gloriosa da América”

Disse o Papa Francisco se referindo às mulheres paraguaias. Ele reconhece, “com emoção e admiração”, o papel desempenhado pela mulher paraguaia “nesses momentos dramáticos da história”. 

Ele também mostra solidariedade aos milhares de paraguaios simples, cujos nomes não apareceram escritos nos livros de história.

O Ministério da Mulher, homenageará as usuárias do Módulo de Empoderamento Econômico. 

A atividade contará com a presença da Ministra da Mulher, Celina Lezcano, Vice-Ministras e uma equipe de trabalho do Ministério da Mulher, além de autoridades. Esperam-se as palavras do Eng. Tete Cano e a apresentação no Dia da Mulher Paraguaia, pela historiadora Mary Monte de López Moreira.

Várias iniciativas são feitas para comemorar a data, além da citada acima, a artista Yeyny Ortiz apresenta a música Princesa Guerreira, lançamento é dado em conjunto com artistas locais que unem suas vozes para levar uma mensagem de sonhos, força e resiliência dedicando essas palavras à menina de hoje, que será a mulher paraguaia de amanhã.

Também há ações de doação de comida para as famílias menos favorecidas e várias outras práticas.

Comentários

Deixe a sua opinião