Os benefícios da meditação

592

Por:  Mariana Vidal Farias | Professora de Yoga

Começar o ano com boas intenções, positividade, desejos de paz, alegria e prosperidade é algo comum para todos nós. Nada como o início de um novo ciclo para nos sentirmos renovados e cheios de esperança.

Mas que tal levar esse sentimento de fé e convicção para além do réveillon? É possível transformar a vida em um rio de realizações, e uma das ferramentas mais poderosas para que isso aconteça é a força de vontade consciente.

Dentro da filosofia e da prática do ioga, sustentamos um artifício mental que nos ajuda a manter a mente focada nas transformações que queremos alcançar.

Mas o que é Sankalpa?

Sankalpa, do sânscrito, significa resolução interior. É uma frase curta, positiva e altamente evocativa, que se repete várias vezes ao dia com a intenção de potencializar o alcance de uma meta, de um objetivo ou sonho. A repetição desta frase penetra no subconsciente, fortalecendo a estrutura da mente e despertando forças latentes que facilitarão a realização dos desejos mais sinceros do nosso coração.

Sankalpa consiste em ativar profundamente as qualidades positivas que existem dentro de nós, mas que permanecem bloqueadas no subconsciente por razão de crenças e padrões limitantes que criamos ao longo da vida. Ao afirmar e reafirmar seu sankalpa, inicia-se um processo de sobreposição de obstáculos inconscientes.

Estes são alguns exemplos de sankalpa:

“Tudo está perfeitamente bem”.

“Sou saudável, forte e próspero”.

“Tenho clareza mental e uma excelente memória”.

“O sucesso acompanha todos os meus empreendimentos”.

“Sou guiada por uma luz divina, de infinito amor, compreensão e plenitude”.

“Tenho confiança em mim e desenvolvo todo o meu potencial”.

“Estou curado de minhas aflições, sou harmonia em todos os níveis de meu ser”.

Recomendações para a meditação

Sua resolução interior deve ser sempre afirmativa. Por exemplo, é melhor repetir mentalmente “estou saudável” em vez de “não estou doente”, pois nossa mente inconsciente só absorve afirmações.

Devem ser poucas palavras, e sempre as mesmas, para fixá-las no pensamento. A frase deve ser conjugada no presente, do contrário nunca vai conseguir realizar seu objetivo se continuar focando no futuro.

Busque a causa mais profunda ao construir seu sankalpa, fazendo uma autoanálise para identificar sua principal carência e evocar vividamente aquilo que se quer atualizar e melhorar em sua personalidade/vida, para isso separe o essencial do supérfluo.

Procure observar qual parte de você ainda não acredita na realização desse objetivo e que continua a reverberar de forma negativa: “Não consigo”, “não sou capaz”, “não vai dar certo”… Sempre existe algo que nos aprisiona, um padrão mental repetitivo e negativo. É necessário autoconhecer-se e procurar identificar aquilo que lhe falta de fé e convencimento.

Lembre-se de que não existe pensamento inferior e negativo, que não possa ser substituído por um pensamento superior, elevado e positivo.

Por mais que você tenha dificuldade em sentir convicção, insista em treinar sua mente. Este é um exercício, e como todo novo aprendizado é necessária a repetição para tornar-se cada vez mais natural e concreto.

Escreva seu sankalpa e cole em seu espelho, ou em qualquer outro lugar que você possa enxergar e ler; muitas vezes, na correria do dia a dia, temos a tendência de esquecer de reafirmá-lo. Um post-it pode ser um excelente aliado para nos auxiliar a concretizar nossos objetivos.

Associe uma visualização a seu sankalpa para reforçá-lo. E se ainda não puder visualizar a cena de forma nítida, não se preocupe, o mais importante é realmente sentir. Acredite e sinta profunda gratidão, como se já houvesse alcançado seu objetivo. Vibre, comemore, sinta em seu coração entusiasmo e confiança, trazendo à mente sensações de realização.

Pratique a capacidade de sentir gratidão, até mesmo por algo que ainda não se manifestou em sua vida. Com prática, é possível elevar cada vez mais sua força de vontade consciente, aproveitando todo o potencial que existe em sua mente. Abra esse campo de possibilidades e potencialidades, com a certeza de que quem cria sua realidade é você mesmo. A intenção move tudo, dentro e fora de nós. Somente quando acreditamos, a mágica acontece…

Mariana Vidal

Namastê!

 

 




Deixe um comentário