A fístula perianal normalmente acontece como um processo crônico após um abscesso perianal. Metade dos abscessos anais resultarão em uma fístula anal após a fase aguda.

Os abscessos anais e perianais são uma coleção de pus que se forma na região da borda anal ou em sua proximidade.

Quando essas coleções de pus estão circunscritas sob a pele ou mais profundamente localizadas entre os músculos da região, são chamadas de abscessos perianais (fase aguda) e é ao serem abertas espontâneamente ou por cirurgia para a drenagem do pus que formam-se as fístulas perianais (fase crônica) – que nada mais são do que o trajeto que comunica o orifício interno (dentro do canal anal) ao orifício externo (na pele próxima ao ânus). A evolução de abscesso para fístula ocorre em metade dos casos.

Sinais e sintomas

Os pacientes que evoluem com fístulas perianais, em geral, queixam-se de episódios intermitentes de dor local, seguida por saída de secreção de aspecto purulento, às vezes misturado com sangue. Há melhora da dor local após esta drenagem.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico é clínico. Conversa-se com o paciente, ouvindo suas queixas e realizando um exame físico geral e local cuidadoso. Se após o tratamento inicial (que consiste na drenagem cirúrgica do pus), o quadro persistir e evoluir para uma fístula, o paciente deverá ter acompanhamento com o coloproctologista.

Em alguns casos, necessitamos de exames de imagens, como o ultrassom, tomografia e ressonância magnética, para melhor estudar o trajeto e auxiliar na elaboração do planejamento cirúrgico.

Como é o tratamento da fístula perianal

O tratamento clínico apenas não é eficaz para tratar uma fístula já estabelecida. Ele deve ser cirúrgico e se constitui na identificação e abertura desses trajetos, que são depois “raspados” (curetados) e mantidos abertos para posterior cicatrização espontânea. É necessário atentar-se, pois pode haver repercussões importantes na continência fecal após estas cirurgias.

Novo colunista da 100fronteiras Dr. Muhamed Hijazi

Doutor Hijazi

Doutor Hijazi é cirurgião geral e um dos poucos coloproctologista em Foz do Iguaçu e colunista da revista 100fronteiras. O coloproctologista é o médico especializado em tratamentos cirúrgicos e não cirúrgicos de doenças do intestino, reto e ânus. Dr. Hijazi frequentemente está realizando curso para aperfeiçoar o seu trabalho poder proporcionar aos seus pacientes procedimentos mais eficazes e seguros.

Comentários

Deixe a sua opinião