O sorriso gengival é uma exposição exagerada da gengiva que ultrapassa quatro milímetros e pode ser identificado ao sorrir. A causa pode estar relacionada a fatores musculares, esqueléticos, gengivodentais ou uma combinação entre eles. Um sorriso gengival pode ser consequência de um lábio superior curto, coroa dos dentes curta, excesso maxilar vertical, hipertrofia gengival ou hiperatividade dos músculos elevadores do lábio superior.

No entanto, esse problema não afeta diretamente a saúde, estando mais ligado à parte estética, ou seja, à autoestima das pessoas.

O sorriso gengival pode ser corrigido por meio dos seguintes procedimentos:

Gengivectomia e gengivoplastia: cirurgia em que o excesso de gengiva é removido visando a restabelecer o contorno harmônico da margem gengival.

Cirurgia ortognática: é uma solução definitiva em que a altura da maxila é diminuída. É realizada em ambiente hospitalar após o adequado preparo ortodôntico.

Aplicação de toxina botulínica: com uma pequena aplicação de cada lado da face, o músculo responsável por tracionar o lábio superior para cima – e, consequentemente, expor a gengiva em demasia – recebe um bloqueio químico e tem sua atividade diminuída. Este tratamento não é definitivo, pois a toxina deve ser reaplicada de quatro a seis meses aproximadamente.

Os resultados

Algumas vezes é recomendada a combinação dos tratamentos para um resultado melhor. Dependendo do tratamento, o resultado final desejado pode ocorrer em um período de uma semana a três meses. Já o resultado definitivo dependerá do tipo de tratamento adotado, lembrando que a aplicação da toxina botulínica não traz resultados definitivos.

Todos os tratamentos para o sorriso gengival podem ser realizados em nosso consultório, exceto o tratamento com a cirurgia ortognática, que é feita em ambiente hospitalar. Então se você sofre desse problema, venha fazer uma avaliação.

Democracia Inabalada.

Formado em Odontologia pela Universidade Paranaense (Unipar), especialista em Implantodontia, especialista em Cirurgia e traumatologia Bucomaxilofacial, especialista em Ortodontia, pós-graduado em Cirurgia Ortognática, pós-graduado em Periodontia, pós-graduado em Imersão em Engenharia Tecidual Inteligente com o uso de concentrado sanguíneo e pós-graduado em Plástica Gengival.

Comentários

Deixe a sua opinião