No dia 3 de fevereiro, Ciudad del Este completou 65 anos. Contudo, é conhecida por este nome há pouco mais da metade desse período: 33 anos.

Quando foi fundado em 1957, o município paraguaio recebeu o nome de Puerto Flor de Liz, mas logo depois passou a ser chamado de Puerto Presidente Stroessner, em homenagem ao então ditador do país.

Alfredo Stroessner, um militar de carreira, passou a governar o país em 1954, quando liderou um golpe que derrubou o presidente eleito no ano anterior, Frederico Chaves. Em 1989, Stroessner foi deposto por um novo golpe, também promovido por militares. Acabou exilando-se em Brasília, onde permaneceu até sua morte em 2006.

Com a queda do ditador e sua enorme impopularidade devido à brutalidade do regime que implantou, a sugestão de mudança de nome da cidade avançou rapidamente. A nova alcunha sugerida, Ciudad del Este, foi aprovada em referendo realizado entre os moradores.

O nome atual é uma referência às origens de sua fundação. Em meados da década de 50, quando o governo central paraguaio buscou maior aproximação com o Brasil, decidiu fundar uma localidade no Leste do país (mais próxima do país vizinho do que a capital paraguaia, Asunción – que fica no extremo Oeste do Paraguai).

Centro de compras de Ciudad del Este
Centro de compras de Ciudad del Este.

A ambição era ter acesso ao oceano Atlântico para o escoamento da produção agrícola ao mesmo tempo em que se livraria da grande dependência em relação aos portos argentinos. Como o Paraguai não tem acesso direto para o mar, ele depende dos portos marítimos dos países vizinhos.

Comentários

Deixe a sua opinião