Já que a ação mais efetiva para conter o avanço do Coronavírus é o isolamento. Desde o dia 13 de Julho, a cidade de Foz do Iguaçu está participando da campanha “Meu Destino é Brasil” que consiste na mobilização das pessoas para marcarem as suas fotos em destinos brasileiros.

No último dia 16 de Julho houve um #tbt coletivo e as redes sociais se encheram de paisagens de Foz do Iguaçu. Podemos perceber que esse destino é bem mais amplo do que apenas as conhecidas cataratas.

Por meio desta campanha, os brasileiros que não conheciam muito a cidade puderam ter acesso a natureza e a estrutura do turismo oferecida em Foz. A cidade é um forte polo de eventos empresariais e muitos #tbt’s foram justamente desses eventos. Antes da pandemia, o destino já estava no top 3 de cidades mais visitadas por turistas internacionais, entretanto o turismo doméstico ainda era mediano quando comparado com demais destinos nacionais.

Por isso, uma das apostas da secretaria municipal de Turismo é atrair o turista brasileiro para Foz do Iguaçu. Não somente para desfrutar da natureza, parques, e cataratas mas também como centro de compras e gastronômico. De acordo com o SEBRAE, o comportamento do turista, após o isolamento social, tende a ser influenciado por questões como saúde, família e negócios. A tendência dos viajantes é buscarem por viagens curtas e destinos regionais.

Por isso, os brasileiros que iriam fazer as suas compras em Miami e/ou outro destino exterior terão a opção de comprar os seus itens com mais de 50% de desconto. Com a isenção tributária oferecida em Foz do Iguaçu produtos como perfumes podem ter redução de 64% no preço final, 54% em bebidas e até 45% nos celulares.

A isenção na carga tributária é possível porque em cidades nas fronteiras do país, como é o caso de Foz do Iguaçu, permite as lojas francas. Esses estabelecimentos permitem a população local e os turistas a consumirem 300 dólares livres de impostos. Além das compras, os resorts e hotéis da cidade estão se preparando para atender a todos os protocolos de segurança para a realização de eventos empresariais.

A retomada no turismo está ocorrendo de forma gradual e planejada nos hotéis e cadeia turística. Atividades gastronômicas e serviços já estão liberados das 6h às 22h.

Com cautela e senso de pertencimento a cidade, a sociedade de Foz do Iguaçu retomará o seu turismo alinhado com a entrega de serviços eficazes. Sempre seguindo as normas dos órgãos oficiais e lembrando a sua real vocação: receber bem.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores, não representando a opinião do veículo.

Juliana Queissada

Formada pela Cásper Líbero em Jornalismo, em Turismo pelo Instituto Federal de São Paulo e pós graduada pelo Mackenzie em Gestão Empresarial. Criou a agência Queissada Comunicação em 2017 e especializou o negócio em intercâmbio/turismo, educação e esportes. A equipe da agência faz toda a parte estratégica de comunicação de franquias de educação, clubes esportivos, entre outros. A sede da agência fica em São Paulo e a profissional tem experiência com comunicação e marketing digital há mais de 10 anos.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião