Porém, todo esse tempo em confinamento em casa traz consequências para o nosso organismo.

Uma das consequências que escutamos de nossos pacientes é que eles adquiriram ou aumentaram o hábito de apertar ou ranger os dentes, o conhecido bruxismo.

O bruxismo é uma desordem caracterizada pelo ranger dos dentes durante a noite, enquanto a pessoa dorme, ou um apertamento dentário durante o dia, que é conhecido como bruxismo de vigília.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 40% dos brasileiros podem estar sofrendo com o bruxismo.

As consequências dessa desordem funcional podem ser:

  • desgaste do esmalte dentário e até mesmo da dentina;
  • quebra dos dentes e próteses;
  • sensibilidade dentinária;
  • dor e mobilidade dos dentes;
  • dor facial devido à força com que os músculos maxilares são pressionados;
  • dor de cabeça;
  • fadiga facial geral;
  • dor na articulação temporomandibular.

No entanto, o bruxismo, apesar de não ter uma cura específica, não é uma desordem sem tratamento. Os portadores de bruxismo devem procurar a ajuda de um dentista/especialista para ajudá-los a determinar a causa do problema e como amenizar o desconforto.

Quando decorrente tão-somente do estresse, o especialista pode sugerir formas de reduzi-lo. Algumas sugestões são fazer exercícios, caminhadas e sessões de relaxamento.
O dentista ou cirurgião maxilo facial pode indicar também alguns exercícios para relaxar os músculos maxilares durante o dia.

Se o seu caso de bruxismo for mais severo, o especialista pode recomendar o uso de placa oclusal, aplicação de botox, assim como prescrever medicamentos, tudo para deixar a musculatura menos tensa.

Se você está sofrendo com o bruxismo, não deixe de procurar ajuda para melhorar a sua qualidade de vida e evitar más consequências para a sua saúde bucal.

Formado em Odontologia pela Universidade Paranaense (Unipar), especialista em Implantodontia, especialista em Cirurgia e traumatologia Bucomaxilofacial, especialista em Ortodontia, pós-graduado em Cirurgia Ortognática, pós-graduado em Periodontia, pós-graduado em Imersão em Engenharia Tecidual Inteligente com o uso de concentrado sanguíneo e pós-graduado em Plástica Gengival.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião