Tecnicamente falando, o lifting de lábios exige que um cirurgião-dentista remova um “pedaço de pele” embaixo do seu nariz.

A cicatriz fica escondida logo abaixo do nariz e não é motivo de preocupação, pois está bem disfarçada na sombra nasal.

O ponto crucial desse procedimento é remover a pele excessiva do lábio superior logo abaixo do nariz.

O objetivo é encurtar esse espaço e aumentar a vermelhidão, o que resulta em um lábio mais volumoso e estendido.

A mudança ocorrerá na distância entre o lábio superior e o nariz.

Essa distância se alonga de um a três milímetros a cada década depois dos 20 anos. Em suma, o lip lift aumenta o lábio de forma vertical, sem criar volume excessivo (limitação do ácido hialurônico).

Mulheres com longas distâncias nessa região acabam escolhendo preenchimentos labiais sem perceberem que eles não são a melhor solução para o caso. Com preenchimentos, há uma extensão limitada em que você pode obter uma melhora na altura vertical do lábio.

Pacientes de lip lift/lifting labial normalmente se enquadram em dois campos com necessidades ligeiramente variadas:

  • pacientes mais jovens – geralmente são pessoas que estão cansadas da rotina interminável de preenchimento labial; ou
  • pacientes mais velhos – que estão frustrados com o alongamento dessa área da boca, que costumava ser um pouco mais proporcional.

Os pacientes relatam grande satisfação com o resultado do procedimento, pois atende às suas preocupações estéticas e faz uma diferença marcante na aparência facial, tanto em repouso quanto no sorriso.

Formado em Odontologia pela Universidade Paranaense (Unipar), especialista em Implantodontia, especialista em Cirurgia e traumatologia Bucomaxilofacial, especialista em Ortodontia, pós-graduado em Cirurgia Ortognática, pós-graduado em Periodontia, pós-graduado em Imersão em Engenharia Tecidual Inteligente com o uso de concentrado sanguíneo e pós-graduado em Plástica Gengival.

Diálogos 100fronteiras

Deixe a sua opinião