Um acordo de cooperação técnica assinado entre a UNILA e a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu permitirá maior integração entre os dois programas de residência da cidade: a Residência Multiprofissional em Saúde da Família, da UNILA, e a Residência Médica do Hospital Municipal, que é gerenciada pela Secretaria Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu.

Com o convênio, assinado no mês de fevereiro, os dois programas poderão realizar atividades conjuntas, com o objetivo de qualificar o atendimento aos usuários da saúde pública em Foz do Iguaçu.

O convênio prevê que a Residência Multiprofissional em Saúde da Família da UNILA ganhe um espaço físico junto à Diretoria de Residência Médica da Secretaria Municipal de Saúde, para o desenvolvimento de atividades didáticas e administrativas.

Com isso, será possível garantir uma integração permanente entre os dois programas de Residência.

“Estamos prevendo a realização de aulas conjuntas e também de atividades práticas, para que os residentes possam trocar experiência, saberes e conhecimentos. Assim, será possível uma melhor resolutividade dos problemas de saúde dos pacientes.

Então, o maior ganho quem vai ter é a população que usa o sistema de saúde”, salientou o coordenador do programa de Residência da UNILA, Walfrido Kuhl Svoboda.

A Residência Multiprofissional em Saúde da Família da UNILA seleciona anualmente profissionais de Enfermagem, Odontologia, Fisioterapia, Psicologia, Nutrição e Saúde Coletiva de todo o país.

Já a Residência Médica da Prefeitura é exclusiva para formados em Medicina, de várias especialidades.

Outro objetivo da integração é auxiliar na estruturação dos sistemas de referência e contrarreferência no município, que é um dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Verificamos que, quando os pacientes são referenciados para especialidades médicas no Hospital e passam por procedimentos cirúrgicos ou exames especializados, existe uma dificuldade de que essas informações retornem para as Unidades Básicas de Saúde para um acompanhamento de rotina após os procedimentos.

Então, um dos objetivos dessa integração é fazer com que essa comunicação funcione. É isso que nós chamamos de sistema de referência e contrarreferência em Saúde”, explicou Svoboda.

Residentes da UNILA atuam em todos os equipamentos de saúde do município


Atualmente, 22 profissionais que fazem parte da Residência Multiprofissional em Saúde da Família da UNILA estão em atuação em Foz do Iguaçu.

O Programa é um curso de pós-graduação na modalidade lato sensu, em que 80% da carga horária é formada por atividades práticas desenvolvidas na rede pública de saúde da cidade, com a supervisão de preceptores.

Com isso, pretende-se formar profissionais de saúde com conhecimentos, habilidades e atitudes para atuar na Estratégia de Saúde da Família, na perspectiva do cuidado integral à saúde, no planejamento estratégico local e nas abordagens interdisciplinares no campo da saúde.

Durante o período de atividades, os residentes atuam não apenas nas unidades básicas de saúde, mas em todos os equipamentos da rede pública de saúde, como o serviço de vigilância sanitária e epidemiológica, o Hospital Municipal, o Banco de Leite, o Centro de Especialidades Médicas e na própria Secretaria de Saúde contribuindo no processo de gestão.

Durante o período de pandemia do novo coronavírus, os residentes também estão dando apoio no serviço de Teleatendimento e realizando o acompanhamento dos pacientes com Covid-19 em Foz. 

Comentários

1 Comentário

Deixe a sua opinião