O Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e o Instituto Federal do Paraná (IFPR) promovem em 2021 curso de especialização em Internet das Coisas (IoT).

A previsão é que o processo seletivo para a turma aconteça no primeiro semestre do ano.

A formação é destinada a egressos de cursos relacionados à tecnologia e interessados na área de Internet das Coisas (IoT) de Foz do Iguaçu e região.

Serão abertas 30 vagas para a especialização, que será oferecida gratuitamente. A seleção dos alunos será feita pelo IFPR.

A realização do curso foi viabilizada a partir de um acordo de cooperação entre o PTI e o IFPR, assinado em outubro deste ano.

A partir de então, o Parque Tecnológico vem atuando na organização e estruturação física da formação, por meio do Centro de Competência em Tecnologias Abertas e IoT, com o apoio da Itaipu Binacional.

A mediação e facilitação pedagógica é feita pelo Centro de Competência em Ciência e Educação. As aulas serão de responsabilidade do IFPR. O recurso financeiro para a realização do curso é proveniente de convênio entre a Itaipu e o PTI.

O objetivo do PTI e do IFPR é formar especialistas em Internet das Coisas, área que possibilita a conexão de objetos físicos por meio de sensores, chips e softwares.

A IoT tem diversas aplicações, desde utilizações mais simples, como ligar e acender uma lâmpada pelo smartphone, a projetos de Cidades Inteligentes, como é o caso do Programa Vila A Inteligente, que envolve uma série de tecnologias que visam facilitar e melhorar a rotina dos cidadãos.

A previsão é que as aulas da especialização sejam iniciadas no segundo semestre de 2021. Mais informações serão divulgadas nos canais de comunicação do Parque Tecnológico nos próximos meses.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião