O Comitê de Assessoramento Estratégico do PTI, que cumprirá este papel, fez sua primeira reunião, de forma on-line, nesta última sexta-feira (05).

Os encontros do Comitê estão programados para ocorrer uma vez ao mês, e vão permitir que as iniciativas das quatro temáticas de atuação do PTI (Energia, Segurança de Infraestruturas Críticas, Agronegócio, Turismo e Cidades) sejam ainda mais efetivas, por meio da tomada de decisões estratégicas com a participação de profissionais com grande expertise nessas áreas de atuação.

Nesta primeira reunião, o diretor superintendente do PTI, General Eduardo Garrido, apresentou aos integrantes do Comitê uma visão geral da atuação do Parque. Também falou sobre os principais projetos em andamento e o novo planejamento estratégico, que tem como foco a busca da sustentabilidade e a ampliação da atuação do PTI no mercado.

Comitê de assessoramento estratégico - PTI
Foto: Assessoria PTI

“O Comitê de Assessoramento Estratégico passa a ter o importante papel de colaborar com o Conselho Diretor nas diretrizes voltadas a pesquisa, desenvolvimento e inovação. Nossa Fundação tem o foco em resultados e busca parcerias institucionais para a viabilização de projetos e a expansão do ecossistema de inovação. Queremos criar condições para ter sustentabilidade e, principalmente, para a promoção de soluções tecnológicas de relevância nacional”, destaca Garrido.

A composição do CAE conta com a contribuição de oito integrantes externos ao PTI. São profissionais do Ministério do Turismo, Empresa de Pesquisa Energética, Embrapa Soja, Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (CEPEL), Lar Cooperativa Agroindustrial, Agência Nacional das Águas (ANA) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Também conta com dois colaboradores do Parque Tecnológico, o que permite que sejam consideradas as experiências e panoramas de diferentes setores. A intenção é que sejam realizadas, ainda em 2021, mais dez reuniões do Comitê, sendo oito encontros temáticos (dois para cada área de atuação) e mais duas reuniões plenárias, como a que ocorreu nesta sexta-feira.

No mês de julho, o CAE também planeja um encontro presencial, que incluirá uma visita às instalações do PTI, para possibilitar aos integrantes conhecer de perto os projetos implementados, as ações em andamento e os resultados das equipes técnicas.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião