“Transparência e segurança para o agronegócio”, com essa premissa, a SpotAgro chega ao ecossistema de inovação do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) como nova empresa condômina.

O empreendimento atua com soluções para cadeia produtiva do agro junto aos atores de atacado como bancos, seguradoras, cooperativas, fundos (mercado de capitais), entre outros.

O agronegócio – temática de atuação definida no Planejamento Estratégico da Fundação PTI-BR – juntamente com Energia, Segurança de Infraestruturas Críticas e Turismo e Cidades, é um vetor crucial para o desenvolvimento econômico.

Neste sentido, o Parque Tecnológico tem investido na atração de empresas âncoras, startups e condôminas para, juntos, promover a atualização do setor, seguindo as tendências da agricultura 4.0, visando aumentar a competitividade e a geração de renda e progresso.

Para José Renato da Costa Alberto, CEO da Spot Agro, a expectativa é “estreitar relações com o ecossistema do Parque, contribuir com seu desenvolvimento e otimizar as oportunidades”.

A SpotAgro atua em três frentes de trabalho, sendo, Inteligência territorial; Monitoramento Territorial e Inteligência Financeira. Na linha de Monitoramento Territorial, o primeiro produto, a Plataforma Territorial SpotEye, é fruto de uma interação de desenvolvimento e licenciamento tecnológico entre o PTI e SpotAgro.

O desenvolvimento da ferramenta foi realizado no formato de “transferência tecnológica”, a partir de um Centro de Competência do Parque Tecnológico para a SpotAGRO. De acordo com o gerente do Centro de Empreendedorismo, Regean Gomes, esse modelo de atuação, é um mecanismo adotado pelo PTI “como forma de fortalecer os produtos e soluções que desenvolvemos ao longo dos anos para a Itaipu e parceiros, agora, com foco voltado para o mercado”.

A plataforma SpotEye fornece estudos e análises de compliance ambiental visando o planejamento preventivo e a gestão de riscos financeiros em áreas agrícolas. A ferramenta possibilita o cadastro e monitoramento de áreas agrícolas, possibilitando a análise pregressa do uso e cobertura do solo, além de avaliar o desenvolvimento vegetativo das culturas agrícolas da safra atual, baseadas em diversas fontes de agroinformação, desde dados em bases públicas até monitoramento remoto via satélite, para extração de índices de vegetação até estimativas e previsão de produtividade por cultura.

Condomínio Empresarial

Espaço para atração e fixação de empresas com potencial de geração de negócios para o ecossistema do Parque Tecnológico Itaipu. As empresas que integram o Condomínio Empresarial contam com toda a estrutura da instituição, que inclui sala de criatividade e inovação, laboratórios, serviços e demais espaços do Parque, além de aproximação com parceiros estratégicos e forte capital intelectual, através das universidades.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião