O Ecomuseu de Itaipu passará por uma série de obras de reforma e ampliação, incluindo nova fachada, nova entrada de visitantes, construção de prédio anexo para exposições e ações educativas, loja de suvenires, bistrô com produtos regionais e um auditório para 150 pessoas.

O detalhamento dos projetos e o cronograma das obras serão apresentados nesta terça-feira (20), às 9h, em cerimônia para comemorar os 33 anos do Ecomuseu. O evento terá a participação do diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, e do diretor de Coordenação, general Luiz Felipe Carbonell.

Os projetos estão em fase de conclusão e a expectativa é que as obras comecem em meados do ano que vem. O novo prédio vai abrigar um auditório e iniciativas ligadas à ciência e tecnologia. Parte do acervo de projetos de mobilidade elétrica e energias renováveis, como o primeiro avião elétrico da América Latina, será transferida para o local.

Novos lançamentos

Também nesta terça-feira, durante a cerimônia de aniversário do Ecomuseu, será feito o lançamento da lançamento da websérie “Conhecendo o Ecomuseu” e do kit “Guias pedagógicos da Itaipu Binacional”. A websérie terá quatro episódios, com cinco minutos cada. O kit conterá material de apoio às visitas institucionais ao próprio Ecomuseu e será distribuído em instituições de ensino do Oeste do Estado.

Programação de aniversário

As comemorações de aniversário dos 33 anos do Ecomuseu foram marcadas por uma série de novidades, como o lançamento do Guia Ilustrado, distribuído a todos os visitantes; do jogo de realidade alternativa Itaipu Sustenta-Habilidades, voltado para crianças e adolescentes; e do tour virtual ao Ecomuseu. A visita on-line pode ser feita a partir de links no site da própria Itaipu (www.itaipu.gov.br) e do Complexo Turístico (www.turismoitaipu.com.br).

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, 2,7 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de aproximadamente 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião