O Instituto Polo Internacional Iguassu abriu nesta quinta-feira (15) as inscrições para preenchimento de 15 vagas remanescentes do programa Capacita Guias, que vai oferecer bolsas de estudo para guias de turismo de Foz do Iguaçu. Também serão preenchidas dez vagas para formação de cadastro de reserva. A iniciativa é uma parceria do Polo Iguassu e Itaipu Binacional.

As inscrições poderão ser feitas até as 18h de sexta-feira (16 de outubro), mediante preenchimento de cadastro e ficha de inscrição digital on-line, que serão disponibilizados unicamente pelo link: http://bit.ly/CapacitaGuiasFoz. Apenas guias que não estão recebendo auxílio do governo federal podem participar.

A ordem de inscrição será utilizada como critério de desempate – portanto, não deixe sua inscrição para última hora!

O edital para capacitação dos guias foi lançado no dia 6 de outubro, com a abertura de 150 vagas. Das 184 inscrições, 135 foram aprovadas, preliminarmente, pela equipe técnica. Foram selecionados os inscritos que atenderam aos requisitos do edital, verificados a partir de consulta ao registro de Guias do Cadastur, entrada no Parque Nacional do Iguaçu e Portal da Transparência do Governo Federal.

Reavaliação

Após a análise preliminar e aprovação do primeiro grupo de inscritos, o Polo Iguassu constatou que, dentre os 135 selecionados, existem profissionais que ainda estão recebendo o auxílio emergencial (Lei Nº 13.982), contrariando o edital do programa (disponível em https://poloiguassu.org/capacitaguias/).

A seleção desses profissionais ocorreu porque o Portal da Transparência não mantém um registro atualizado dos beneficiários do auxílio emergencial. Desta forma, nomes consultados não constam como beneficiários no portal, porém, estão recebendo a ajuda do governo. Uma nova verificação será feita junto aos órgãos oficiais, para consulta atualizada, e aqueles que ainda recebem o benefício terão sua inscrição cancelada.

Após essa verificação, caso as 150 vagas não sejam preenchidas na sua totalidade, as vagas remanescentes serão disputadas a partir da abertura de um novo edital, permitindo aos guias que receberam ou ainda recebem o benefício fazer a sua inscrição.

A previsão é que esse novo edital seja lançado na próxima segunda-feira (20). O critério de classificação também será a ordem de inscrição.

Como será

A capacitação tem previsão de início no dia 27 de outubro de 2020. Os candidatos aprovados receberão uma bolsa-auxílio de R$ 450 pelo período de 3 meses. Serão 48 horas de capacitação, que será certificada, com aulas on-line duas vezes por semana, no período noturno. Somados às aulas on-line, serão oferecidas mais duas aulas práticas: uma na Itaipu Binacional e outra no Parque Nacional do Iguaçu, de maneira a dinamizar e humanizar as novas experiências de visitação nestes atrativos.

O trabalho vai abordar novas formas de apresentar os atrativos turísticos de Foz e qualificar os guias na questão do atendimento, visando aumentar a satisfação dos visitantes. Os guias também vão aprender a trabalhar com rotas alternativas dentro do Parque Nacional do Iguaçu (PNI): as trilhas San Martin e a Trilha da Bananeira, além de outras já existentes.

Após o período da pandemia, a categoria poderá oferecer aos visitantes este novo circuito, com as novas trilhas. Dessa forma, o Instituto Chico Mendes da Conservação da Biodiversidade (ICMBio), entidade que administra o PNI, espera estimular a visitação da população no parque e, consequentemente, a demanda por esse serviço.

O Polo Iguassu foi escolhido para gerir os estudos por se tratar de uma entidade sem fins lucrativos, que atua há 24 anos no apoio às iniciativas, instituições e movimentos orientados para a integração, estruturação e desenvolvimento da Região Trinacional do lguassu (Brasil, Paraguai e Argentina) e do Mercosul.

Parte da capacitação será feita em parceria com o ICMBio e entidades como o Sebrae e o Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

Para mais informações sobre as inscrições, entre em contato com o Polo Internacional Iguassu, pelo telefone (45) 3572-7066.

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, 2,7 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de aproximadamente 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião