Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) abre inscrições para o evento que visa atrair e sanar dúvidas de empreendedores da Região Sul para a edição 2021 do BNDES Garagem – Negócios de Impacto.

O programa irá acelerar startups de impacto que queiram contribuir para a resolução de desafios sociais ou ambientais, com prioridade aos que tenham soluções voltadas à Educação, Saúde, Sustentabilidade, Govtech e às Cidades Sustentáveis .

Conduzido pelo Consórcio AWL (formado por Artemisia Wayra Liga Ventures ), o evento é gratuito e acontecerá no dia 27 de julho, em um painel on-line que tem como objetivo principal criar um canal de comunicação entre a equipe responsável pela seleção das startups e os empreendedores locais, para o esclarecimento de dúvidas a respeito do BNDES Garagem – Negócios de Impacto, que irá selecionar e acelerar 45 negócios para este ciclo.

Entre os temas que serão abordados durante o evento estão: os benefícios do programa aos selecionados, os critérios de participação, metodologia aplicada no processo de aceleração e outras informações relevantes para os interessados na iniciativa.

O painel contará ainda com a participação de Felipe Miranda Costa da Cloudia, chatbot que automatiza a comunicação entre estabelecimentos de saúde e pacientes, e Guilherme Braga da Egalitê – plataforma que inclui pessoas com deficiência (PCD) no mercado de trabalho e prepara empresas (gestores e área de recursos humanos) para receberem esses profissionais.

Os empreendedores poderão compartilhar suas experiências sobre como o processo de aceleração contribuiu para o desenvolvimento dos negócios. A inscrição é gratuita e os empreendedores da Região Sul interessados em participar do evento podem se inscrever no link .

Sobre o BNDES Garagem – Negócios de Impacto

O BNDES Garagem é uma iniciativa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que tem a missão de desenvolver e fomentar o empreendedorismo no Brasil por meio do apoio a startups.

Esta edição conta com a parceria da Artemisia, Wayra e Liga Ventures, e tem como foco impulsionar empreendedores que queiram contribuir para a resolução de desafios sociais ou ambientais. As startups que se destacarem no processo de aceleração – uma em cada categoria – podem receber um prêmio no valor de R﹩ 20 mil e R﹩ 30 mil, respectivamente. As inscrições estão abertas até 5 de agosto e podem ser feitas pelo site garagem.bndes.gov.br .

BNDES | Fundado em 1952 e atualmente vinculado ao Ministério da Economia, o BNDES é o principal instrumento do Governo Federal para promover investimentos de longo prazo na economia brasileira. Suas ações têm foco no impacto socioambiental e econômico no Brasil.

O Banco oferece condições especiais para micro, pequenas e médias empresas, além de linhas de investimentos sociais direcionadas para educação e saúde, agricultura familiar, saneamento básico e transporte urbano. Em situações de crise, o Banco atua de forma anticíclica e auxilia na formulação das soluções para a retomada do crescimento da economia.

Sobre a Artemisia: A Artemisia é uma organização sem fins lucrativos, pioneira na disseminação e no fomento de negócios de impacto social no Brasil. A organização apoia negócios voltados à população em situação de vulnerabilidade econômica, que criam soluções para problemas socioambientais e provocam impacto social positivo por meio de sua atividade principal.

Sua missão é identificar e potencializar empreendedores(as) e negócios de impacto social que sejam referência na construção de um Brasil mais ético e justo. A organização já apoiou mais de 530 iniciativas de todo o Brasil em seus diferentes programas, tendo acelerado intensamente mais de 180 negócios de impacto social. Fundada em 2005, a organização possui atuação nacional.

Sobre a WAYRA: A Wayra, hub de inovação aberta da Vivo no Brasil e da Telefônica no mundo, investe, escala e conecta startups com corporações e parceiros de tecnologias e investimentos.

O objetivo é gerar oportunidades de negócios e inovação em conjunto. Criada em 2011, a Wayra opera em 10 países (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Alemanha, México, Peru, Espanha, Reino Unido e Venezuela) e já investiu mais de R﹩300 milhões em 800 startups no mundo todo. Atualmente, 500 startups fazem parte do portfólio global de inovação aberta.

Presente no país desde 2012, a Wayra Brasil já investiu em 81 startups e possui 32 em portfólio atualmente, sendo que aproximadamente 50% delas geram negócios com a Vivo. Dentre as áreas prioritárias estão educação (edtechs), saúde (healthtechs), serviços financeiros (fintechs), internet das coisas (IoT), 5G, inteligência artificial (IA), big data, entre outras.

Sobre a Liga Ventures: A Liga Ventures é uma plataforma de inovação aberta, que conecta empresas e startups a fim de potencializar interações e gerar novos negócios. Criada em 2015 é pioneira no mercado de aceleração corporativa e corporate venture.

Ao longo dos anos, auxiliou na implementação de estratégia de inovação aberta nos principais players de diversos setores do mercado brasileiro, tais como Porto Seguro, Banco do Brasil, e Unilever.

Em seu portfólio, soma mais de 250 startups aceleradas e mais de 450 projetos realizados entre essas e grandes corporações. Também conta com o Liga Insights, iniciativa de pesquisa e inteligência de mercado, cujo objetivo é mapear tendências e startups que estão inovando nos mais variados setores. Já são mais de 35 estudos, em temas como Saúde, AutoTech, Varejo, RH, EdTechs, entre outros.

Diálogos 100fronteiras

Deixe a sua opinião