Colégio Sesi Internacional - display portal

A medição do nível do Rio Paraguai apontou uma altura de -0,55 metro, e superou o recorde mínimo, em outubro de 2020, que chegou a -0,53 metro.

A Administração Nacional de Navegação e Portos (ANNP) confirmou que foi superada essa linha mínima do registro de outubro de 2020, e os especialistas ainda alertaram que nos próximos dias a baixa pode ser ainda maior.

A crise hídrica foi intensificada pelo fenômeno La Niña, em 2020 e em 2021. Mas as autoridades paraguaias informaram que as chuvas previstas na região podem amenizar um pouco a crise.

De acordo com Max Pastén, gerente de Previsões Hidrológicas, o setor mais afetado é o de navegação, e ele também não descarta que em alguns pontes sejam suspensa a passagem de navios.

De acordo com o portal H2FOZ, o Paraguai conta com uma das maiores frotas de barcaças do mundo, utilizadas para transportar a produção agrícola para os portos da Argentina e Uruguai e também para trazer produtos de importação.

Se a navegação chegar a ser paralisada, o prejuízo pode chegar a mais de 50 milhões.

Seca rio Paraguai.
Rio Paraguai tem vários pontos sem água no Paraguai com a baixa histórica e recorde pela seca prolongada | NORBERTO DUARTE/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Comentários

Deixe a sua opinião