Mesmo sem visitantes, Zoo Pomerode mantém rotina de cuidado com os animais

[#GustavoSiqueira]

Mais de mil animais vivem hoje no Zoo Pomerode. Mesmo que o maior zoológico de Santa Catarina não esteja recebendo visitantes por conta da pandemia do Covid-19, os cuidados com as espécies que estão no parque seguem acontecendo de maneira intensa. Uma equipe de 20 profissionais de várias áreas atuam na alimentação, nos cuidados de higiene e limpeza e nas atividades rotineiras das espécies.

Um dos exemplos é a higienização das mãos e pés das elefantes, que é realizada junto com as atividades de condicionamento. “Como elas são idosas, temos um cuidado redobrado. Todos os dias elas passam por ações de estímulo à mobilidade e são acompanhadas de perto”, comenta o veterinário Rafael Sales Pagani, responsável técnico do Zoo Pomerode.

O acompanhamento da dentição e alimentação dos hipopótamos é uma ação que segue diariamente. Quando o parque está aberto ao público, essas atividades podem ser observadas pelos visitantes.

A alimentação das espécies é outra ação que segue com os cuidados indicados pelos órgãos responsáveis: todos os itens são higienizados e manipulados seguindo as normas de segurança. Depois, são pesados e porcionados de acordo com a necessidade nutricional de cada animal.

Para o diretor da Fundação Hermann Weege, mantenedora do Zoo Pomerode, Maurício Bruns, os cuidados que a instituição já tem com os animais estão mantidos e reforçados. “Temos uma equipe com profissionais de várias áreas, que somam expertises na hora de tomar decisões sobre o manejo de cada espécie. Estamos muito focados com a qualidade de vida e a saúde dos animais que vivem aqui”, comenta.

No dia 18 de março, a direção do parque suspendeu as visitações por 20 dias, com o objetivo de evitar aglomerações que pudessem causar a transmissão do novo coronavírus. Novas definições neste sentido serão comunicadas através das redes sociais oficiais do Zoo Pomerode.

Enquanto isso não acontece, no Instagram do Zoo Pomerode (www.instagram.com/zoopomerode) é possível acompanhar um pouco dos bastidores de todos os cuidados com os animais.

Newsletter

Ama a tríplice fronteira tanto quanto nós? Assine a newsletter 100fronteiras e receba conteúdo exclusivo. Seu apoio aprimora nosso trabalho para que possamos ajudar a aprofundar sua conexão com Ciudad del Este, Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú enquanto investimos no futuro do jornalismo local.

Participe da comunidade 100fronteiras

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e a integração dos três países. Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da fronteira, apresentando novos lugares, histórias. Assinando você receberá conteúdos e promoções exclusivas.

Entre em nosso grupo do Whatsapp. Apoie a mídia local!

Nos encontramos lá, até mais!



Deixe a sua opinião