O Parque Tecnológico Itaipu – Brasil (PTI-BR), desenvolveu a primeira metodologia de validação de tecnologias para Cidades Inteligentes pela ótica do usuário, o Índice de Sucesso do Usuário (ISU).  

Própria do Programa Vila A Inteligente, a metodologia mensura a relação do usuário com a solução implantada. O objetivo é proporcionar as empresas um panorama sobre a satisfação, fidelidade e esforço de uso da tecnologia, além de trazer feedbacks sobre o produto ou serviço oferecido. 

A iniciativa foi apresentada pela primeira vez ao mercado nesta quinta-feira (26), durante o Smart City Business Brazil Congress, em São Paulo. 

A metodologia tem como premissa: ser replicável em qualquer cidade ou ambiente Sandbox; aplicável de forma rápida e dinâmica; adaptar-se às várias soluções apresentadas no Edital Smart Vitrine; comparável ao longo do tempo; pautado nas melhores práticas de gestão da experiência e sucesso do usuário; e apresentação dos resultados com fácil compreensão visual e com índice unificado. 

“Para o desenvolvimento da metodologia três pilares foram utilizados para dar sustentação ao cálculo do ISU: satisfação, fidelidade e esforço de uso da tecnologia”, explicou o analista de negócios do PTI-BR, Leonel Rodrigues, durante a apresentação do painel.  

PTI-BR no SCBA
Foto: Divulgação.

Os indicadores do ISU são pautados em satisfação (Customer Satisfaction Score), métrica utilizada para mensurar o nível de satisfação dos clientes e usuários em relação à empresa e em diferentes etapas da jornada; esforço (Customer Effort Score), métrica que avalia quanto esforço um cliente/usuário deve fazer para realizar uma ação com a sua empresa; lealdade (Net Promoter Score), métrica utilizada para mensurar e prever o nível de lealdade e de fidelidade do cliente com os produtos e serviços adquiridos da sua empresa.

O ISU, que está em fase de validação, será implementado inicialmente com as empresas do Sandbox do Vila A Inteligente. 

Comentários

Deixe a sua opinião