A plataforma de gestão gastronômica FastGet acaba de lançar mais uma novidade: o cardápio digital multi-idiomas. Assim, estabelecimentos como restaurantes, bares, hotéis e shoppings centers poderão apresentar aos clientes seus cardápios traduzidos em três idiomas. 

A princípio, a startup surgiu com a proposta de transformar digitalmente os estabelecimentos e de melhorar a experiência de consumo de seus clientes. Portanto, bem como o cardápio digital multi-idiomas, a plataforma oferece toda gestão de pedidos.

Portanto, é possível fazer reservas, pedidos com QR Code, registro de pedidos para delivery e retirada. Além disso, a plataforma também permite a realização de pagamento online e a interação com o cliente, via Whatsapp. 

Explicando o funcionamento da FastGet  

Segundo o diretor comercial da FastGet, Leandro Valério, essa funcionalidade vai atender as cidades, como Foz do Iguaçu, que recebem turistas estrangeiros. “Desenvolvemos a tradução de cardápios para inglês e espanhol, com donos dos estabelecimentos (…), facilitando a comunicação e oferecendo um cardápio internacionalizado”, afirmou. 

De acordo com ele, a partir do momento que a tradução é disponibilizada, o cliente já pode visualizar e interagir usando a língua materna.

“Tudo isso de forma automática. Independentemente de ser em português, inglês ou espanhol, o estabelecimento sempre estará atualizado para compartilhar o cardápio com os clientes estrangeiros”, explicou Leandro. “Mesmo com número de telefone de outro país, a plataforma notifica ao cliente de que o pedido, ou reserva de mesa, foi confirmado”, complementou.      

PTI-BR lança cardápio digital
Foto: Divulgação.

Plano de voo  

Ainda conforme Leandro, a implementação da funcionalidade era um dos desafios do plano de voo da FastGet na Incubadora Santos Dumont, do PTI-BR. “Uma das frentes era desenvolver essa comunicação de multi-idiomas. Concluímos essa etapa de globalização e internacionalização da solução”. 

A concretização também faz parte da parceria com o Sindicato dos hotéis restaurantes, bares e similares (Sindhotéis) de Foz do Iguaçu, que busca transformar a cidade em um destino turístico de inovação tecnológica. 

De acordo com o analista de negócios e inovação do PTI-BR, Wilmar Ribeiro Júnior, durante o acompanhamento da startup, uma das metas elencadas para o ganho de mercado e sua diferenciação era apresentar uma solução para a atração de novos negócios, isto é, a plataforma FastGet.

“Um dos caminhos era a internacionalização do negócio, visto o trabalho em conectar atrativos turísticos à gastronomia dos locais desenvolvidos”, explicou. 

Agora é esperar que o uso da plataforma se expanda para outros países, principalmente aqueles na fronteira com o Brasil, o que vai simplificar a tarefa de escolher um prato entre tantas opções, e, sobretudo, facilitar a comunicação entre clientes e funcionários de restaurantes.



Comentários

Deixe a sua opinião