Hospital Ministro Costa Cavalcanti comemora segunda alta hospitalar por covid-19

A paciente de 63 anos, internada desde 9 de abril, pôde voltar para casa nesta sexta-feira (24), oito dias depois do paciente de número 1 da covid-19 ter sido liberado pelo centro hospitalar.

Em oito dias, o Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), mantido pela usina de Itaipu, registrou mais um caso de recuperação da covid-19, em Foz do Iguaçu. A paciente de 63 anos, internada desde 9 de abril, pôde voltar para casa nesta sexta-feira (24). Ela havia ficado internada por 15 dias. Por uma questão de privacidade, a paciente não quis revelar o nome.

Depois de apresentar os sintomas da covid-19, a paciente buscou atendimento no HMCC, onde passou por triagem e foi encaminhada para internamento. Ela recebeu tratamento à base de hidroxicloroquina em combinação com azitromicina, associada a outros medicamentos que fazem parte do protocolo de atendimento de pessoas internadas em estado grave com o novo coronavírus.

Outros procedimentos clínicos modernos e atualizados, sempre em linha com a agência Centers for Disease Control and Prevention (CDC-EUA), Organização Mundial da Saúde (OMS) e Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE), foram usados na recuperação da mulher.

Para o diretor superintendente do Hospital Costa Cavalcanti, Fernando Cossa, a alta de cada paciente é uma vitória.

“Temos uma equipe comprometida, e comemorar a cada conquista como a alta e recuperação desta paciente é uma forma de reconhecer também a dedicação e trabalho de toda a equipe”, finalizou o diretor.

Até esta sexta-feira (24), Foz tinha 39 casos confirmados do novo coronavírus, dos quais 26 pacientes já estão recuperados, nove permanecem em isolamento domiciliar e dois internados, um deles no HMCC, na ala exclusiva da covid-19, com 15 leitos de UTI e 12 de semi-intensiva.

No outro caso, o paciente de número 1 internado no Costa Cavalcanti em estado grave recebeu alta no último dia 16. Ele foi recebido pela esposa e filhos sob aplausos de toda a equipe médica. O paciente, de 56 anos, havia sido transferido de outra unidade hospitalar para o Costa Cavalcanti no dia 30 de março, depois de apresentar sintomas da covid-19.

Itaipu tem atuado em várias frentes no enfrentamento ao novo coronavírus, em Foz do Iguaçu.

“A usina liberou uma verba de R$ 15 milhões para a reestruturação do hospital no enfrentamento da pandemia e isso precisa ficar claro para a nossa gente”, reforça Jorge Aureo, assessor especial do diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

O HMCC também credenciou o Laboratório de Saúde Única do Centro de Medicina Tropical como representante do Laboratório Central do Paraná para fazer os exames da covid-19, o que diminui o tempo para o resultado dos exames. Entre outras ações, a empresa também adquiriu seis mil testes PCR e dobrou o valor do fundo de auxílio eventual a entidades beneficentes, de US$ 250 mil para US$ 550 mil, o equivalente a R$ 2,7 milhões.

 

Com Itaipu Binacional 

Foto: Débora Black

Newsletter

Ama a tríplice fronteira tanto quanto nós? Assine a newsletter 100fronteiras e receba conteúdo exclusivo. Seu apoio aprimora nosso trabalho para que possamos ajudar a aprofundar sua conexão com Ciudad del Este, Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú enquanto investimos no futuro do jornalismo local.

Participe da comunidade 100fronteiras

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e a integração dos três países. Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da fronteira, apresentando novos lugares, histórias. Assinando você receberá conteúdos e promoções exclusivas.

Entre em nosso grupo do Whatsapp. Apoie a mídia local!

Nos encontramos lá, até mais!