FVV Empreendimentos se prepara para lançar novo condomínio em Foz do Iguaçu

845

Fotos: Armando Abdias

Tudo acontece no tempo certo. Para algumas pessoas, a realização profissional vem cedo, quando ainda estão terminando a faculdade. Para outras, ela demora um pouquinho mais. Mas o que contribui para que isso aconteça, independentemente do tempo, é nunca desistir e compreender que sempre haverá pedras no caminho, porém cabe a cada um chutá-las ou transformá-las em degraus rumo ao sucesso.

E disso o empresário Luiz Antônio Egert entende bem. Hoje, aos 32 anos e à frente da FVV Empreendimentos, em Foz do Iguaçu, ele se encontrou na profissão, contudo para chegar até aqui o caminho de Luiz contou com minério e pedras preciosas, todavia também teve medo, insegurança e indecisão. No entanto foi no trabalho com incorporadora que o caminho passou a ter sentido e, em terra firme, ele criou raízes.

“Eu sou natural de Rondônia, mas com 8 anos me mudei com minha família para o Mato Grosso do Sul. Aos 17 anos fui morar em Portugal para tentar a carreira no futebol profissional, onde acabei me machucando e tendo uma vida curta na profissão. Voltei para Campo Grande e cursei três anos de Direito, mas aquilo não era para mim. Passei a trabalhar com mineração, a qual me levou para a China em busca de especialização na área e mais uma tentativa no futebol. Voltei depois de oito meses e comecei a trabalhar com a venda de pedras preciosas porque os chineses sentiam falta de fornecedores, e minha lesão no joelho não me permitiu seguir com o sonho de jogador. Trabalhei um tempo nisso, mas o ramo era incerto, então meu padrinho, Décio Nascimento, que é dono da Incorplan, em São Paulo, me chamou para trabalhar com ele. Com muita insistência, eu aceitei e foi aos 28 anos que me encontrei”, relata Luiz.

Graças aos ensinamentos do padrinho, Luiz aprendeu todas as etapas de uma incorporadora, trabalhando como estagiário e sem remuneração. “O que eu aprendi nos quase três anos que fiquei com meu padrinho não há salário que pague”, destaca. Lá ele entendeu como funciona a gestão de uma incorporadora, desde o departamento de vendas até o setor administrativo e o acompanhamento das obras. Aprendeu também as etapas internas como planejamento de marketing, estudo de viabilidade econômica e como atingir o público-alvo.

Com toda essa bagagem profissional, ele estava preparado para assumir uma incorporadora. Foi quando ele conheceu o atual sócio, Mauro Mello, que era dono da Incorporadora FVV, no Mato Grosso do Sul, desde 2011. “O Mauro tem empreendimentos no Mato Grosso Sul e tinha uma área em Foz do Iguaçu já licenciada. Precisava de alguém que entendesse do mercado e tivesse a capacidade de assumir o empreendimento na cidade. Então, após inúmeras conversas e negociações, decidimos conhecer o projeto de Foz do Iguaçu”, lembra.

Então ele veio para Foz juntamente com sua equipe e Susy Dorneles, que na época era sua namorada e já era empresária do ramo imobiliário, tendo trabalhado com grandes incorporadoras. Juntos eles fizeram o estudo de viabilidade do espaço e encararam o desafio. “A experiência da Susy com as campanhas de marketing para imóveis, corretores e incorporadoras, o fato de ser dona de uma imobiliária e por ter participado de inúmeros lançamentos com diferentes incorporadoras fez toda diferença para entender todos os lados da equação. Juntos ficamos responsáveis em criar e executar o planejamento de marketing, plantão de vendas e estratégias de premiação. O que foi e é a diferença da FVV Empreendimentos tanto com os clientes compradores quanto com nossos corretores parceiros. E quando começamos a executar essas ações, Mauro e eu decidimos criar a FVV Empreendimentos e permanecer em Foz do Iguaçu, pois até então a FVV era somente o Condomínio Fechado Iguaçu”, conta Luiz.

 

FVV Empreendimentos

Presente em Foz do Iguaçu desde o final de 2011, a FVV é uma empresa do ramo da construção civil e mercado imobiliário que viu na cidade um mercado carente de novidades. Aproveitou a oportunidade para investir e somar na melhoria da cidade no fim de 2017, quando teve início a venda do Condomínio Fechado Iguaçu, que nasceu com a ideia de realizar sonhos em um dos bairros mais antigos de Foz do Iguaçu, fazendo a região ganhar valorização com mais empreendimentos e comércios sendo construídos.

Condomínio Fechado Iguaçu

Assim, conhecendo o potencial de Foz do Iguaçu para o mercado imobiliário e de construção civil, e colocando em prática todos os ensinamentos que adquiriu com o padrinho, Luiz lançou a venda do Condomínio Fechado Iguaçu na cidade, contando com a parceria de imobiliárias e corretores. O planejamento deu tão certo que em 145 dias foram vendidos os 213 lotes. Um recorde que nem ele imaginava alcançar em tão pouco tempo. “A nossa intenção era vir para Foz apenas para lançar o condomínio e depois ir para Campinas (SP) lançar um lá, mas o potencial de Foz é tão grande para esse mercado que decidimos ficar por aqui e lançar outros empreendimentos”, comemora Luiz.

Além de apresentar um planejamento de execução eficaz, a FVV oferece muitas facilidades aos clientes na hora da compra, sem praticar juros e primando pela qualidade dos serviços prestados. “A qualidade é a nossa maior prioridade, pois oferecemos a oportunidade de viver bem em um local seguro e bem estruturado para que o morador não precise se preocupar com problemas técnicos. Também valorizamos os nossos corretores, com cursos de aperfeiçoamento e premiações para o corretor que mais vender lotes, pois nenhum empreendimento se vende sem um corretor”, explica.

 

Lagoa Rica

Para este ano, a FVV deseja lançar a venda do Condomínio Lagoa Rica, em Foz, que contará com 160 lotes e uma marina seca privada. Atualmente o projeto está em fase de licenciamento. Luiz aponta que, após todas as liberações legais, começará a venda dos lotes juntamente com os corretores parceiros, seguindo o formato da venda do Iguaçu, que foi um sucesso.

E hoje, com a certeza de que este é o trabalho que deseja fazer sempre, Luiz é otimista sobre o futuro da FVV. “Acreditamos no potencial de Foz do Iguaçu e acreditamos no nosso trabalho, por isso a projeção que faço para o futuro da empresa é, em até cinco anos, se tornar referência no Paraná, pois já trabalhamos com o licenciamento de loteamentos em outras cidades do estado. E, claro, nos próximos dez anos, se tornar referência a nível Brasil”, finaliza.

 

FVV Empreendimentos

Av. Coronel Francisco José Ludolf Gomes, 240 – Jardim Panorama – Foz

Telefone: (45) 3198-2754

www.fvvincorporacao.com.br

 



Formada em Jornalismo (UDC) e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas (Unila), atualmente é jornalista e editora na Revista 100fronteiras.


Deixe um comentário