O Ministério de Turismo e Esportes de Salta e o Instituto de Promoção Turística (INPROTUR) de Salta levarão na próxima quinta-feira, 16 de dezembro, uma apresentação simultânea de Salta como destino turístico nas cidades de Foz do Iguaçu e Santa Cruz (Bolívia) no Hotel JL by Bourbon.

Esses mercados são chaves para a província localizada no norte da Argentina, na sua estratégia de reativação do turismo regional e internacional.

A apresentação do destino, dirigida a representantes do setor turístico dos dois locais, estará sob responsabilidade da presidenta do INPROTUR Salta, Manuela Arancibia.

Ela mostrará o que Salta oferece a cada visitante: sua gastronomia, sua identidade musical, sua riqueza paisagística, agora com novas experiências inovadoras e adequadas ao que busca o turista na atualidade: ter maior contato com a natureza e evitar grandes concentrações de pessoas.

“Foz do iguaçu é para nós um mercado prioritário, com grande potencial de desenvolver negócios na área  turística e comercial e com conexão aérea direta de apenas duas horas de voo desde o aeroporto de Puerto Iguazu. Queremos cada vez mais que os moradores e visitantes da cidade e da região trinacional venham a conhecer e se encantar com Salta. Em nossa província contamos com uma importante infraestrutura turística com mais de 480 meios de hospedagem de todas as categorias, com 20 mil leitos hoteleiros e uma ampla oferta gastronômica, que juntos com múltiplos e diversos passeios irão proporcionar ao turista experiências inesquecíveis. Temos muitos ao que oferecer aos amigos iguaçuenses e esperamos com toda a nossa hospitalidade e alegria”, concluiu Manuela Arancibia.

Assim Salta abre suas portas mais uma vez para que turistas da região se apaixonem pela província do norte argentino.

Sobre Salta

Seu passado colonial se reflete na pitoresca cidade de Salta, uma das melhores e mais preservadas da Argentina. Igrejas e casas de estilo neocolonial deslumbram ao redor da bonita praça principal. São destaque a Catedral, a igreja San Francisco e o Convento San Bernardo.

Um grande atrativo da cidade é o Cerro (monte) San Bernardo e seu cume, verdadeiro balcão natural e no qual se acessa através do teleférico e onde se pode obter uma impressionante vista do Vale de Lerma e da cidade de Salta.

A poucos quilômetros da capital, onde a natureza se destaca por seu agradável clima e  magnífica vegetação, estão localizados povoados com uma cultura e tradição gauchesca e que oferecem ao vistante a possibilidade de realizar esportes de aventura, náuticos e pesca.

Salta é um destino ideal para a prática do turismo de aventura, onde pode ser realizadas cavalgadas nas incríveis paisagens, travessas em veículos 4×4, rafting em rios caudalosos com paisagens virgens, trekking, montanhismo em montanhas de até seis mil metros de altura, como no vulcão Llullaillaco, mountain bike, tirolesa, bungee jumping e pêndulo, tudo em volta de uma paisagem espetacular.

A generosidade da natureza saltenha se expressa nos ricos ecossistemas de seus três parques nacionais (Baritú, El Rey e Los Cardones), onde coexistem selvas tropicais e paisagens agrestes de altitude.

Não tem como deixar de mencionar a Rota do Vinho mais alta do mundo, com vinhedos de mais de três mil metros de altitude e com paisagens fantásticas, muitas cores, povos históricos, artesanatos, arqueologia e gastronomia local, que se somam a serviços de excelência nas mais de 40 bodegas (vinhedos) para visitar.

Em Salta pode se desfrutar do legado que foi deixado pelos primeiros habitantes dos Caminhos do Inca “Qhapaq Ñan” ou as pinturas rupestres de Guachipas. O sítio arqueológico de Tastil é considerado um dos mais destacados da América do Sul. Um passeio imperdível é no Museu de Arqueología de Alta Montaña (MAAM), no qual conserva o vestuário e os corpos congelados de três meninos achados no vulcão LLullaillaco em 1999.

Outro passeio imperdível é o Trem das Nuvens, que sobe a 4,2 mil mil metros de altura em plena puna saltenha. É uma das ferrovias mais altas do mundo, no qual atravessa virtiginosas montanhas das Cordilheiras dos Andes.

Para os amantes de experiências culturais, Salta convida para o intercâmbio entre os moradores e visitantes através de um turismo responsável e respeitoso dos distintos costumes e modos de vida. Em companhia de guias locais podem ser feitas atividades em pleno contato com a natureza, como também participar de trabalho da terra e tarefas cotidianas incluindo a elaboração de doces, empanadas e vinhos artesanais.



Comentários

Deixe a sua opinião